Mais de 900 pessoas devem ser capacitadas profissionalmente pelo Programa Vencer, na região de Ariquemes

94

Com 988 vagas abertas em 25 cursos do Programa Vencer, desenvolvido pelo Governo de Rondônia, a Regional da Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social (Seas), em Ariquemes, aguarda com expectativa as inscrições do público-alvo, pessoas com idade a partir de 16 anos, renda per capita de até um salário mínimo, inscritas no Cadastro Único (CadÚnico) e no Gov.br. Além de Ariquemes, podem se inscrever no Programa de qualificação e capacitação profissional gratuitas, moradores dos municípios de Alto Paraíso, Buritis, Cacaulândia, Campo Novo, Cujubim, Monte Negro e Rio Crespo, que compõem a regional. Os cursos serão ministrados presencialmente.

Lançado pelo Governo de Rondônia, em janeiro de 2024, com o objetivo de capacitar profissionalmente cerca de 10 mil pessoas por ano, por meio de 45 cursos em 13 eixos tecnológicos, o Vencer permite a participação de até duas pessoas de uma mesma família, que durante um ano receberão auxílio financeiro mensal de R$ 200, cada uma, e ao final, um kit profissional contendo as ferramentas da profissão escolhida. Têm Prioridade, mulheres inseridas no Programa Mulher Protegida, catadores de materiais recicláveis, Pessoas com Deficiência (PcD) e mães atípicas.

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha, o Programa Vencer é uma das importantes ferramentas do Governo, que por meio da Seas e seus contratados, os Serviços Nacionais de Aprendizagem Comercial (Senac) e Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai), colocará à disposição do mercado de trabalho, pessoas qualificadas para contribuírem com o processo de desenvolvimento social e econômico do Estado, fomentando o empreendedorismo, o protagonismo social e a superação das vulnerabilidades sociais.

“Rondônia avança no desenvolvimento econômico e também no social com programas instituídos por leis específicas, objetivando a continuidade dos benefícios e o incentivo aos beneficiários para que tenham a vida transformada e possam gerar sua própria renda e, quem sabe, se tornarem empreendedores”, destaca o governador.

Entre os cursos ofertados para a regional de Ariquemes estão o de mecânico de motocicletas, com carga horária de 240 horas. Para se inscrever no site Vencer (rondoniasocial.ro.gov.br), é necessário ter idade mínima de 16 anos e escolaridade correspondente ao Ensino Fundamental incompleto. Após a finalização do curso, o participante estará apto para reparar, desmontar, substituir, lubrificar e ajustar as peças e o motor do veículo, garantindo o bom funcionamento e entregar um serviço de qualidade. A faixa salarial estimada no Brasil é de R$ 1.500 até R$ 2.700.

Com média salarial de R$ 4.500, o eletricista industrial é responsável pela manutenção elétrica preventiva e corretiva em motores, máquinas, equipamentos e instalações industriais, bem como análise das necessidades de troca e regulagem dos componentes e testes de funcionamento. Os requisitos para este curso, com carga horária de 240 horas, são idade mínima de 16 anos e escolaridade correspondente ao Ensino Fundamental incompleto.

Com o mercado da energia solar no país em expansão, o instalador de sistemas fotovoltaicos é um dos profissionais mais importantes e requisitados do setor, cujo salário é de até R$ 4.500. O curso pelo Programa Vencer, com carga horária de 160 horas, exige idade mínima de 16 anos e escolaridade correspondente ao Ensino Fundamental incompleto.

Para eletricista de redes de distribuição de energia elétrica, com carga horária também de 240 horas, é permitida a participação de pessoas com idade mínima de 16 anos e escolaridade correspondente ao Ensino Fundamental incompleto.

Para quem pretende atuar como costureiro industrial do vestuário, os requisitos para fazer o curso, com carga horária de 160 horas, são idade mínima de 16 anos e escolaridade correspondente ao Ensino Fundamental incompleto.

Há vagas abertas, ainda, para os cursos de:

  • chapista,
  • armador de ferro,
  • carpinteiro de estruturas de telhado e de obras,
  • gesseiro,
  • mestre de obras,
  • pintor de obras,
  • marceneiro de móveis e esquadrias,
  • montador e instalador de móveis e esquadrias,
  • instalação de ar-condicionado tipo Split,
  • mecânico de manutenção em sistemas de refrigeração e climatização, e
  • mecânico de refrigeração e climatização residencial.

Os cursos que fecharam as turmas para esta primeira etapa, na regional de Ariquemes, são os de costureiro sob medida – modelagem, corte e costura, técnico em estética, operador de computador, cabeleireiro, manicure e pedicure e maquiador/designer de cílios e sobrancelhas. Porém, é importante consultar, rotineiramente, a plataforma para verificar a disponibilidade de vagas remanescentes.