Ieda Chaves afirma que “S.O.S Rio Grande do Sul” já arrecadou 14 toneladas de doações

Entre os suprimentos, já foram enviados aos gaúchos 60 mil litros de água mineral.

44

A campanha “SOS Rio Grande do Sul” segue em ritmo acelerado, e nesta sexta-feira (10), foi apresentado o balanço parcial das primeiras ações feitas aos gaúchos que sofrem com a catástrofe climática que atinge o Estado há algumas semanas. Até o momento, já foram contabilizadas 14 toneladas de suprimentos (alimentos, roupas, cobertores, lençóis, sapatos, entre outros) e 60 mil litros de água mineral, com arrecadações em 10 municípios rondonienses.

A mobilização, iniciada há três dias pelo presidente da Associação Rondoniense de Municípios (Arom) e prefeito de Porto Velho, Hildon Chaves, pela deputada estadual e primeira-dama, Ieda Chaves, em parceria com a Empresa União Cascavel de Transportes e Turismo Ltda. (Eucatur) e veículos de imprensa, obtidos em uma corrente de ações e organização logística para auxiliar as vítimas das enchentes. Os itens de primeira necessidade foram realizados e organizados no pátio da Prefeitura da capital (Prédio do Relógio).

Em entrevista à imprensa, Ieda Chaves declarou que “é comovente ver a união do nosso povo nesse momento para o Rio Grande do Sul. Já havíamos muitas pessoas se mobilizando e arrecadando doações, e nossa campanha foi difícil para somar esforços, principalmente na parte logística . Estamos facilitando o envio das ações, especialmente para aqueles que já arrecadaram itens, mas não sabiam como transportá-los. Agora, temos uma parceria maravilhosa com a Eucatur, que disponibilizou uma carreta para auxiliar no transporte”. “Hildon Chaves mobilizou todos os 52 municípios de Rondônia, as primeiras-damas e todos estão aderindo à campanha. Estamos trabalhando incansavelmente para organizar tudo e, com isso, contamos com a ajuda de muitos voluntários que se dedicam a separar, embalar e carregar os itens”, complementou Ieda Chaves, demonstrando seus agradecimentos.

Parceria fundamental

A campanha “SOS Rio Grande do Sul” é um exemplo de força de solidariedade do povo rondoniense. Uma logística eficiente é fundamental para o sucesso da campanha, garantindo que as doações cheguem às necessárias o mais rápido possível, mesmo a uma distância de mais de 3,6 mil milhas.

Airton Gurgacz, diretor da Eucatur, destacou a resposta rápida da população ao chamamento. “Com o acolhimento e a resposta da população, de um povo amoroso que gosta de ajudar os outros, principalmente neste momento, aos nossos irmãos gaúchos, estamos juntos empenhados neste transporte, o mais rápido possível. O nosso compromisso é levar as doações!”.

Expansão das parcerias

A campanha recebeu a adesão de diversas empresas, ampliando ainda mais a capacidade de arrecadação e distribuição de doações. Entre as novas parceiras estão: Água Mineral Minalinda, Farmácia dos Trabalhadores de Rondônia (FTR), Associação dos Produtores de Soja do Estado de Rondônia (Aprosoja-RO), CTG Ronda Crioula e VitLog Transportes.