Curso de atualização para mototaxistas em Porto Velho tem inscrições abertas pelo Detran

111

O Departamento de Trânsito do Estado de Rondônia – Detran abre matrículas de 4 a 22 de setembro para curso especializado de atualização de condutores mototaxistas, em Porto Velho. Os interessados devem procurar a  Escola Pública de Trânsito – EPT, localizada na Rua Padre Chiquinho, nº 913, Bairro Pedrinhas, na Capital. 

O diretor da EPT, Renato Ramalho informou que, os interessados em realizar o curso especializado de atualização de condutores mototaxistas, devem  efetuar o pagamento da taxa de matrícula no valor de R$ 54,27 (cinquenta e quatro reais e vinte e sete centavos), preencher e assinar formulário de matrícula, apresentar a Carteira Nacional de Habilitação – CNH original, certidão de nada consta na CNH e o certificado de formação em mototaxista ou comprovação de cadastro na Base de Cadastro Ampliada – BCA.

“Somente alunos regularmente matriculados poderão assistir as aulas. A turma pode ser composta por até 25 alunos, nos termos estabelecidos na Resolução nº 789/20 do Conselho Nacional de Trânsito – Contran”, destacou Renato Ramalho.

De acordo com o governador Marcos Rocha, os cursos oferecidos pelo Detran, além de preparar condutores para praticar uma direção segura, são uma importante fonte de incentivo à criação de empregos e renda. “A educação no trânsito é um passo fundamental para um Estado mais seguro. Além do que O Detran está promovendo um trabalho que atenda aos mototaxistas”, destacou.

INFORMAÇÕES DIDÁTICAS

O curso, que  tem o objetivo de atualizar os mototaxistas, atende à solicitação da categoria em Porto Velho, e está organizado em uma perspectiva multidisciplinar com aulas de Legislação de Trânsito e transporte de pessoas; Prática veicular individual para o transporte de pessoas. A carga horária é de 10 horas, e está marcado para ser realizado no dia 29 de setembro.

São requisitos necessários para matrícula:

  • Ser maior de 21 anos;
  • Estar habilitado no mínimo há dois anos, na categoria “A”;
  • Ser condutor com formação em mototaxista;
  • Não estar cumprindo pena de suspensão do direito de dirigir, cassação da Carteira Nacional de Habilitação – CNH, pena decorrente de crime de trânsito, bem como não estar impedido judicialmente de exercer seus direitos.

O diretor-geral do Detran/RO, Léo Moraes afirmou que, “investir na capacitação dos mototaxistas é proporcionar segurança no trânsito. O Detran Rondônia está aqui para apoiar e melhorar a qualidade dos serviços prestados por esses profissionais”, concluiu.