Exposições abertas para visitação no Museu da Memória Rondoniense, em Porto Velho

48

A partir de terça-feira, 10, está disponível no Museu da Memória Rondoniense, localizado no Palácio Getúlio Vargas, no centro de Porto Velho, a exposição “Made in Santa”, exposição selecionada por meio do edital de concurso nº 003/2018/CEL/SUPEL/RO de ocupação museal. Uma exposição intimista de pinturas realizadas pelo artista Téo Senna, natural do Rio de Janeiro e morador do tradicional Bairro de Santa Teresa, que retrata o tempo em que ele esteve recluso, por conta da pandemia e o fortalecimento de suas origens. A exposição, conta com recursos interativos, através do QR code, no celular é possível conhecer a história das obras. Ela ficará aberta para visitação até 10 de abril. Três outros projetos de exposições de âmbito nacional foram selecionados no edital e serão lançadas nos próximos meses.

Enfatizando a importância de preservar a  história do Estado, o governador Marcos Rocha aponta, “O museu nos ajuda na valorização da cultura, história e resgate dos fatos que marcaram a nossa história e a influência que eles têm sobre os dias atuais”.

Outras exposições também estão disponíveis no museu, como a “Conhecendo o Museu da Memória Rondoniense”, que tem o intuito de divulgar o trabalho que é realizado no Museu e qual sua finalidade. Uma exposição educativa, intuitiva e objetiva, que traz conceitos e definições de palavras do cotidiano museológico, apresentados à população de forma mais descontraída, rompendo as barreiras museu/sociedade. A “Ocupação Muluca”, uma exposição que apresenta diversos trabalhos criados a partir da história pesquisada de imigrantes, em vários estados.

A gestora do Museu da Memória Rondoniense, Liliane Sayonara explica que o local conta com um grande acervo que contribui para contar e preservar a história de Rondônia, cultura e tradições. “Aqui temos uma série de materiais, entre: fotografias, vídeos, peças 3d, obras de arte, entre outras que contam a história do nosso Estado. Além disso, temos os guias e conseguem aprofundar o contexto de cada elemento apresentado. É uma imersão na cultura e história”, afirma.

O Museu da Memória Rondoniense funciona de segunda a sexta-feira, das 9h às 17h, na antiga sede do Governo do Estado, localizado na Avenida Presidente Dutra, Centro de Porto Velho.