Prefeitura de Vilhena recebe doação de R$ 30 mil do Banco da Amazônia para o Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente

“O CMDCA fica na responsabilidade de gerir o recurso, portanto faremos um edital, que será divulgado no site da Prefeitura, para contemplar as associações, entidades e ONGs da nossa cidade, em prol de beneficiar as nossas crianças vilhenenses”

52

Recurso garantirá investimentos em projetos sociais para as crianças e adolescentes vilhenenses

Na manhã desta terça-feira, 20, em uma cerimônia realizada na Prefeitura de Vilhena, o Fundo Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente recebeu uma doação de R$ 30 mil do Banco da Amazônia, entregue pelo gerente geral, Carlos Salvador, para o prefeito Ronildo Macedo.

A entrega do donativo também contou com a participação do presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (CMDCA) Genivaldo Santos, a secretária municipal de Assistência Social, Cris Del Pino, e representantes de associações, entidades e ONGs do município.

“Nossa gestão sempre conta com bons parceiros, quero aqui agradecer a toda equipe do Banco da Amazônia pelo apoio, onde podemos investir no bem estar das nossas crianças e adolescentes. A cidade tem muito a ganhar com esses parceiros, pois contamos com instituições e associações que trabalham resguardando o direito desta molecada”, aponta Ronildo Macedo, prefeito de Vilhena.

Genivaldo Santos, lembra que todo o recurso da doação será destinado para projetos sociais. “O CMDCA fica na responsabilidade de gerir o recurso, portanto faremos um edital, que será divulgado no site da Prefeitura, para contemplar as associações, entidades e ONGs da nossa cidade, em prol de beneficiar as nossas crianças vilhenenses”, destaca Genivaldo.

O gerente geral do Banco da Amazônia em Vilhena, Carlos Salvador, lembra que o município dá continuidade aos recursos. “Tenho a confiança que este recurso será bem utilizado, pois aqui temos excelentes profissionais que realizam grandes projetos, que melhoram a vida das crianças e adolescentes através de ações sociais. Esta é a missão do Banco da Amazônia, transformar vidas”, finalizou Carlos.