Rondônia: Almoço especial de Natal é servido aos beneficiários do programa “Prato Fácil”

“Que Jesus Cristo renasça no coração de todos trazendo a paz e a esperança de dias melhores”

52
Sexta-feira com cardápio especial de Natal das refeições
Sexta-feira com cardápio especial de Natal das refeições

Salada tropical, arroz com passas, farofa torrada, salpicão, frango assado e gelatina. Este foi o cardápio especial de Natal das refeições fornecidas nesta sexta-feira aos beneficiários do programa estadual “Prato Fácil”, em Porto Velho, Ariquemes, Cacoal, Guajará-Mirim, Ji-Paraná e Vilhena.

O almoço especial foi sugerido pelo Governo de Rondônia  aos proprietários de restaurantes credenciados no programa. A sugestão de cardápio elaborada pela equipe de nutricionistas da Secretaria de Estado da Assistência e do Desenvolvimento Social – Seas, por meio da Coordenadoria de Segurança Alimentar e Nutricional – Cosan, resultou em momentos especiais entre as pessoas atendidas.

“Em um Estado onde a produção de alimentos é pujante, é inadmissível que famílias não tenham alimentação. Por isso, este programa idealizado pela Seas tem por objetivo não apenas garantir uma simples comida, mas com qualidade nutricional, agradável ao paladar e a um preço justo”, disse o governador Marcos Rocha, ressaltando que o almoço especial de Natal é uma tradição que também deve ser mantida nesta época em que o amor e a solidariedade são externados com mais frequência. “Que Jesus Cristo renasça no coração de todos trazendo a paz e a esperança de dias melhores”, reforçou o governador.

O programa, que em um ano e sete meses já garantiu mais de um milhão de refeições nutritivas, ao custo de 2 reais, para as pessoas com registro no CadÚnico, conta com 18 estabelecimentos credenciados em seis municípios rondonienses para a oferta de 4.500 refeições diárias, de segunda a sexta-feira (exceto nos feriados), das 11h às 15h.

“Há dois meses como aqui. Comida boa e a um preço justo para quem não tem renda fixa ou ganha pouco”, ponderou o pedreiro aposentado Camilo de Jesus, que é venezuelano e há dois meses está em Porto Velho.

Jaqueane pega todos os dias quatro marmitex para consumo em casa com os filhos e neto
Jaqueane pega todos os dias quatro marmitex para consumo em casa com os filhos e neto

Implantado na Capital no dia 17 de maio de 2021, o “Prato Fácil” funciona com o governo repassando aos restaurantes credenciados o complemento do valor total do prato feito ou marmitex. Os recursos são do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep), vinculado à Seas.

“Não tenho do que reclamar. A comida é boa e custa apenas R$ 2. É uma bênção”, observou Jaqueane da Rocha, que trabalha próximo ao restaurante onde todos os dias compra quatro marmitex para ela, dois filhos e um neto.

Neste ano, foi iniciada a expansão do programa para municípios do Estado, começando por Ariquemes, com três estabelecimentos credenciados; Cacoal (1), Guajará-Mirim (2), Ji-Paraná (2) e Vilhena (1).

“A comida do ‘Prato Fácil’ sempre foi boa. E ganhou destaque hoje por ser um cardápio de Natal. Muito bom isso! Só tenho a agradecer, pois sou autônoma”, afirmou Mirian Alves.

“Para mim, foi surpresa este cardápio. Achei interessante a ideia, porque isso mostra que existe alguém preocupado com a nossa alimentação, que zela por nós, principalmente nesta época do ano”, disse Orlando Maia, que é vendedor e todos os dias almoça pelo “Prato Fácil”.

Até 22 de dezembro foram servidas 1.030.664 refeições nos 18 restaurantes credenciados, das quais 778,731 foram em Porto Velho; 64.652 em Ariquemes, 59.179 em Cacoal, 67.204 em Guajará-Mirim, 53.175 em Ji-Paraná e 7.723 em Vilhena, onde o atendimento foi iniciado há dois meses.