ONU condena Rússia por anexação de partes da Ucrânia

Resolução foi aprovada por três quartos de membros da Assembleia Geral

48

A Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) condenou nesta quarta-feira (12) a “tentativa de anexação ilegal” da Rússia de quatro regiões parcialmente ocupadas na Ucrânia e pediu a todos os países que não reconheçam a medida, reforçando o isolamento diplomático internacional de Moscou desde que invadiu seu vizinho.

Três quartos dos 193 membros da assembleia (143 países) votaram a favor da resolução que também reafirma a soberania, independência, unidade e integridade territorial da Ucrânia dentro de suas fronteiras internacionalmente reconhecidas.

Apenas quatro países se juntaram à Rússia e votaram contra a resolução: Síria, Nicarágua, Coreia do Norte e Bielorrússia. Outros 35 países se abstiveram da votação, incluindo o parceiro estratégico da Rússia, a China, enquanto o restante não votou.