Cel. Marcos Rocha e Marcos Rogério vão disputar o 2° turno em Rondônia nas eleições

Apuração apontou segundo turno por volta de 19h14 (hora local).

82

Coronel Marcos Rocha (União Brasil) e Marcos Rogério (PL) decidirão em segundo turno, no próximo dia 30 de outubro, quem será o futuro governador de Rondônia.

O terceiro colocado na disputa do primeiro turno foi Léo Moraes (Podemos).

Em discurso após após o resultado da eleição do primeiro turno, Coronel Marcos Rocha falou sobre o resultado e destacou que vai trabalhar sempre com pensamento positivo.

“Olha, a gente tem que trabalhar sempre com o pensamento positivo, acreditando em Deus. O governo do estado de Rondônia é um governo que deu certo, que tem trabalhado firme pra fazer o desenvolvimento do nosso estado. Nós conseguimos enfrentar uma pandemia de forma eficiente. Tivemos perdas, sim, mas conseguimos vencer. O estado de Rondônia é um dos topos da economia do Brasil, que tem a 6ª melhor educação do país. Então é por isso que estou confiante na eleição agora no segundo turno”, disse Marcos Rocha.

Já o candidato Marcos Rogério destacou, durante coletiva de imprensa, que vai buscar os votos de eleitores que foram nos demais candidatos (e não classificados para o segundo turno).

“Neste primeiro momento a palavra é gratidão. Gratidão a Deus pelo resultado das eleições. Se não fosse a ação de Deus não teríamos chegado até aqui. Fizemos uma campanha muito enxuta, sem uma grande estrutura, baseada numa aliança direta com o povo de Rondônia, com o eleitor de Rondônia. Eu acho que o recado das urnas foi muito claro. 60% do eleitorado já disse nas urnas que quer um novo governo. Desse eleitorado todo, passamos de 36% dos votos. Agora é buscar aqueles que apoiaram outras candidaturas e não a do atual governador”, afirmou Marcos Rogério.

Quem são os adversários do segundo turno:

  • Coronel Marcos Rocha é atual governador de Rondônia, tem 53 anos e tenta a reeleição. Ele nasceu no Rio de Janeiro (RJ) e é formado em análise de sistema de dados, administração de negócios, e pós-graduado em educação e técnicas de ensino. Ele tem dois filhos e é casado com Luana Oliveira Santos. Em 2018 foi eleito governador do estado com 530.188 votos (66,34% dos). Rocha também já foi secretário de Justiça de Rondônia (de 2014 a 2017).
  • Já Marcos Rogério da Silva Brito, de 44 anos, é natural de Ji-Paraná (RO), região central do estado, e é divorciado. Ele tem bacharel em Direito e formação no curso de Jornalismo. Também tem mestrado em administração pública. O candidato atualmente é senador pelo estado de Rondônia, tendo sido eleito em 2018, e filiou-se ao Partido Liberal (PL) no início deste ano para disputar as eleições.