Rua de Lazer leva diversão e serviços ao Residencial Porto Bello IV

Projeto é uma parceria entre diversas secretarias da Prefeitura de Porto Velho

41

Foi com muita alegria e disposição que os moradores do Residencial Porto Bello IV, bairro Jardim Santana, zona Leste da capital, receberam na tarde de sábado (10) as atividades do projeto Rua de Lazer e Cidadania, uma parceria entre a Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semes) e demais secretarias da Prefeitura de Porto Velho.

Durante a tarde, crianças e adolescentes participaram de atividades recreativas e esportivas como pula-pula, pebolim, tênis de mesa, pintura facial, pintura de papel, corrida de saco, queimadas, pique-bandeira e cabo de guerra. A Secretaria Municipal de Trânsito (Semtran) ofereceu orientações de trânsito seguro e distribuição de cartilhas educativas.

Já a Secretaria de Indústria, Comércio, Turismo e Trabalho (Semdestur) levou o projeto “Avante Trabalhador” e a emissão de Carteira Digital do Trabalhador. E a Secretaria de Educação (Semed) ofertou atividades de recreação, com equipes de professores animadores. Foram parceiros da ação o Instituto IESB, com os serviços de aferição de pressão e glicemia juntamente com acadêmicos da Faculdade Metropolitana.

“É maravilhoso, tinha que ter várias vezes nos condomínios Porto Belo II, III e aqui, pois as crianças se divertem, aproveitam e é mais seguro brincar aqui dentro. Nós agradecemos à prefeitura pela ação de entretenimento e lazer”, avaliou Sandra Lúcia dos Santis, subsíndica do residencial.

Não faltou energia para as brincadeiras infantis

Adriele Fernandes, que mora no local há quatro anos, levou os três filhos e a vizinha para a área de lazer. “Tá sendo uma boa, eu tenho um filho autista e aqui ele está sendo cuidado, ele não sai de casa e hoje tá conseguindo brincar”, disse a dona de casa.

Também neste mês, no último dia 3, os moradores da Vila Caldeirita foram beneficiados com o projeto. A próxima edição acontece de 23 a 25 durante o Circuito Beach, em Jaci Paraná.

“Este mês está praticamente completo, o projeto é muito pedido pela comunidade e a gente tem o maior prazer de fazer isso pelas crianças, tirar elas do celular, tudo isso é muito importante”, concluiu Cione Leal Torres, gerente de Divisão da Semes.