Situação em Kharkiv é tensa após “bombardeio maciço”, diz prefeito

Segunda maior cidade da Ucrânia, Kharkiv sofreu um forte bombardeio durante a noite, de acordo com o prefeito Ihor Terekhov

109

A segunda maior cidade da Ucrânia, Kharkiv, sofreu um forte bombardeio durante a noite, de acordo com o prefeito Ihor Terekhov.

“A situação é estressante, porque durante a noite houve um bombardeio muito grande”, disse Terekhov nesta quinta-feira (21). “Dois mercados foram destruídos, os bombeiros estão apagando os incêndios lá agora. Houve um impacto direto em outro prédio residencial”, completou.

Terekhov afirmou que os desabrigados pelo bombardeio russo foram transferidos para jardins de infância, escolas e internatos, acrescentando que a situação está “tensa, mas sob controle”. Não há evacuação planejada, disse ele.

De acordo com Terekhov, aproximadamente um milhão de pessoas permanecem em Kharkiv hoje. Ele disse que cerca de 30% da população havia partido pré-guerra, principalmente idosos e mulheres com filhos.

“Estou falando com as pessoas, elas não vão sair da cidade. E não consideramos necessário deixá-la hoje”.