Cerca de 200 animais já foram castrados gratuitamente pela Prefeitura em Porto Velho

Meta é castrar cerca de mil animais por ano

126

Como forma de controle populacional dos animais de rua e de cuidados com a saúde humana, a Prefeitura promove a castração gratuita de cães e gatos na capital. Desde novembro do ano passado, cerca de 200 animais já foram castrados gratuitamente em Porto Velho.

O projeto, coordenado pela Secretaria Municipal de Meio Ambiente e Desenvolvimento Sustentável (Sema), atende, inicialmente, abrigos de animais resgatados e pessoas cadastradas junto ao CadÚnico. Para ter direito a castração gratuita, o munícipe deve solicitar junto a Sema, a emissão da guia e assim buscar o serviço no hospital veterinário detentor do registro de preço. Após exames pré-operatório, o animal é submetido ao procedimento.

“Porto Velho estava praticamente há duas décadas sem ter um controle populacional de animais errantes. Por isso, essa gestão vem buscando garantir um lar adequado, atendendo a legislação e viabilizando a castração, além de promover as feiras de adoção”, explica o secretário da Sema, Alexandre Pincer.

Todos os cães e gatos podem ser castrados. Em alguns casos, a castração pode ser feita ainda quando filhotes. O recomendado é que o cão ou gato já tenham tomado todas as vacinas. A Sema reforça, ainda, que antes do procedimento o pet passará por avaliação do médico veterinário. Somente assim, ele conhecerá as reais condições de saúde do animal e poderá trabalhar com segurança.

“Caso ele não esteja apto, ele vai voltar. A guia valerá por 30 dias e se o prazo estiver expirado, o proprietário do animal precisará emitir outra guia”, explica o secretário.

As guias são emitidas na Sema, que fica localizada na rua General Osório, nº 81, Centro. O atendimento é de segunda a sexta-feira, das 8h às 14h.