Comunidades ribeirinhas de Guajará-Mirim vão receber assistência médica por meio do Barco Hospital Walter Bártolo

83

Na próxima sexta-feira (25), o Governo de Rondônia em parceria com a Organização Não Governamental (Ong) Instituto Kaleo, lança em Guajará-Mirim a 2ª edição do projeto Amazon Saviors, com a finalidade de prestar assistência médica a 12 comunidades ribeirinhas da região Mamoré, por meio da Unidade de Saúde Fluvial Walter Bártolo. O lançamento da 2ª edição do projeto acontece na Avenida Constituição com Avenida 1º de Maio, Bairro Triângulo.

Vão ser nove dias de atendimento às comunidades, com encerramento previsto para o dia 5 de março.
As comunidades contempladas com a visita do Barco Hospital são: Deolinda, Barranquinha, Sotério, São João, Bom Jesus, Surpresa, Sagarana, Fazendinha, Pedral, Baia de Coca, Ricardo Franco e Baía das Onças.

De acordo com o cronograma, a equipe de profissionais voluntários da Unidade de Saúde Fluvial vai prestar assistência às famílias ribeirinhas com mais de sete tipos de atendimento: triagem, consulta médica e odontológica com procedimentos invasivos; atendimento terapêutico e psicológico. Haverá ainda palestras de educação em saúde bucal e higiene pessoal (saúde preventiva), entrega de kits de higiene bucal, apresentações e palestras infantis.

O gestor da Secretaria de Estado da Saúde (Sesau), Fernando Máximo, ressalta a importância dos atendimentos para as comunidades. “O Governo de Rondônia juntamente com a Ong Instituto Kaleo tem como objetivo levar saúde e atendimento de qualidade para todos no Estado de Rondônia”.

Os procedimentos vão ser coordenados pelo Instituto Kaleo, especializado na elaboração de projetos voltados para a áreas de saúde e educação, com a promoção de programas de voluntariado em locais de vulnerabilidade social em vários países, entre eles: Iraque, África, Egito, Bolívia e Peru).