Batalhão de Trânsito da Polícia Militar comemora 24º aniversário com entregas de medalhas e homenagens

64

O Governo de Rondônia, por meio da Polícia Militar (PM), promoveu na sexta-feira (5), a solenidade de formatura em comemoração ao 24º aniversário da criação do policiamento de trânsito no Estado, que ocorreu na sede do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), em Porto Velho.

Na oportunidade, personalidades civis e militares foram homenageadas, com entrega de diplomas “Amigo do BPTran”, e medalhas do “Mérito de Trânsito da Polícia Militar”, pela contribuição ao desenvolvimento das ações desencadeadas pelo BPTran.

Representando o comandante-geral da Polícia Militar,  o subcomandante-geral, Plínio Sérgio Cavalcante,  parabenizou o trabalho da Corporação, que tem realizado trabalhos efetivos em todo o Estado, com atendimentos a ocorrências no trânsito.

“É um dia especial, pois são profissionais que tem competência ímpar para desenvolver suas funções perante a sociedade, que fazem parte da história da BPTran. Atualmente alguns compõem outras unidades da Polícia Militar ou estão em outras áreas, mas foram essenciais para a história deste batalhão”, disse o subcomandante-geral da PM.

O comandante do Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran), major Diego Batista de Carvalho, fez uma reflexão durante seu discurso, sobre o propósito das atividades realizadas pelos militares na unidade. “Somos protagonistas de uma inovação neste batalhão, pois mesmo diante das adversidades, evoluímos muito, mantendo a rotina operacional intensa, com várias capacitações, treinamentos, ações conjuntas com outros órgãos, e temos expectativas de que 2022 seja um ano promissor”.

BATALHÃO DE POLÍCIA DE TRÂNSITO

A fiscalização de trânsito no município de Porto Velho durante os anos 80 e 90, ficavam a cargo do 1º Batalhão de Polícia Militar (BPM), sendo responsável não somente pelo policiamento ostensivo de alto espaço territorial, como também em registrar ocorrências de trânsito, pela quantidade de demandas que inviabilizavam outros serviços, como: fiscalização de trânsito ativa e o melhor atendimento à sociedade.

Até o ano de 1996, Porto Velho figurava nas estatísticas nacionais como uma das capitais com maiores índices de acidentes e mortes no trânsito. Após articular estudos decorrentes do comando do 1º BPM na época, concluiu-se pela necessidade de uma unidade especializada, voltada ao policiamento ostensivo, que pudesse além de especializar o efetivo, aprimorar técnicas primordiais para combater os principais problemas de trânsito da Capital rondoniense.

Em 24 de outubro de 1997, por meio do decreto estadual nº 8.041, criou-se a Companhia Independente de Policiamento de Trânsito (Ciatran). Na data de sua criação, a Ciatran recebeu efetivo do 1º e 5º Batalhão de Polícia Militar e também do extinto batalhão feminino, que estava trabalhando no policiamento de trânsito das respectivas subáreas, juntamente com materiais para emprego da atividade.

Considerando o crescimento da frota local e da demanda operacional de trânsito, verificou-se a necessidade de expansão de serviços oferecidos pela Ciatran, além da necessidade de oferecer maior autonomia. Por meio do Decreto nº 22.952, de 28 de junho de 2018, se tornou o Batalhão de Polícia de Trânsito (BPTran). Atualmente, a unidade conta com 118 policiais militares.

MEDALHA MÉRITO DE TRÂNSITO

Criada em 1º de setembro de 2015, a medalha “Mérito de Trânsito da Polícia Militar” foi instituída por meio da resolução nº 202, com a finalidade de agraciar policiais militares e personalidades civis em contribuição a melhorias no trânsito do Estado, bem como dar apoio ao batalhão.

Um dos agraciados com a medalha, o sargento Gerson Ricardo, com 15 anos na corporação, se sentiu honrado em receber a mais alta comenda ofertada pelo BPTran. “Ser agraciado com a comenda traz um sentimento de orgulho e dever cumprido, por ter recebido estadia e poder prestar bons serviços ao batalhão”.

DIPLOMA “AMIGO DO BPTRAN”

O diploma “Amigo do BPTran” foi instituído em 21 de outubro de 2020, por meio da resolução 01/2020, com finalidade de premiar e reconhecer personalidades e instituições civis e militares, que contribuíram para o engrandecimento do Batalhão de Polícia de Trânsito da Polícia Militar.

Durante a jornada pelo BPTran, os militares e ex-integrantes da Corporação, desempenharam com dedicação, senso de responsabilidade todas as missões que lhes foram designadas, mostrando alto grau de comprometimento e profissionalismo no serviço militar.

O tenente da Polícia Militar, Madson Ferreira da Silva, foi o proponente desta ação na Corporação, atuando por mais de dez anos na BPTran e ressalta que ser homenageado com o diploma foi importante. “Durante minha atuação, fiz muitos amigos por aqui, passando por todas as seções desta unidade e hoje, volto para receber o diploma com muita alegria”.

A ex-cabo da PM, Daiana Maria Veríssimo Barbosa da Silva, atuou por quase 15 anos no BPTran e recebeu o diploma com sentimento de gratidão. “Desde minha efetivação na Corporação, foi a única unidade em que atuei na Polícia Militar e estou muito agradecida por ter recebido o diploma. Hoje atuo em outra área profissional, mas ter trabalhado nesta unidade me deixa satisfeita”.

Estiveram presentes à solenidade o chefe-geral de Estado Maior, coronel Fábio Alexandre dos Santos França; o comandante de policiamento especializado, Carlos Alberto Gomes de Souza Júnior; o representante do 5º BPM, capitão Teixeira; o representante do 1º BPM, major Adenilson Silva Chagas; o representante da 17ª Brigada de Infantaria de Selva do Exército Brasileiro, capitão Ivan Lucas; o superintendente-geral da Polícia Rodoviária Federal (PRF) em Rondônia, Rommel Pessoa Dantas; a representante da diretoria de Educação de Trânsito (Dtet) do Departamento Estadual de Trânsito (Detran), Roberta Storchi; o diretor de habilitação e medicina de trânsito do Detran, Massoud Mohamad Hizaji, representando o diretor-geral Paulo Higo.