A misteriosa colisão de submarino nuclear dos EUA com ‘objeto desconhecido’ no Mar do Sul da China

118

Um submarino nuclear dos Estados Unidos atingiu um “objeto desconhecido” enquanto estava submerso em águas na região da Ásia-Pacífico, o que feriu vários marinheiros, segundo autoridades americanas.

Não ficou claro o que causou o incidente no sábado (02/10), de acordo com elas. O submarino permaneceu “totalmente operacional”.

Em condição de anonimato, autoridades disseram à imprensa dos EUA que a colisão aconteceu em águas internacionais no Mar da China Meridional e que 11 marinheiros ficaram feridos.

O incidente aconteceu em meio ao aumento das tensões na região.

A Marinha dos EUA disse que a extensão dos danos ainda está sendo avaliada e que a planta de propulsão nuclear do submarino e seus espaços não foram afetados.

O comunicado, no entanto, não deu detalhes sobre onde ocorreu o incidente ou o número de pessoas feridas, dizendo apenas que as lesões não ofereceram risco de morte.

No entanto, duas autoridades citadas pela agência de notícias Associated Press disseram que dois dos 11 marinheiros feridos tiveram ferimentos classificados como “moderados”. Todos eles foram tratados a bordo do submarino.

Essas autoridades disseram que o incidente ocorreu enquanto o submarino realizava operações de rotina e que a Marinha não divulgou a notícia antes de quinta-feira (07/10) para manter a segurança operacional.

De acordo com a AP, as autoridades disseram que o objeto com o qual o USS Connecticut colidiu não era outro submarino.

Um dos funcionários citados pela agência disse que poderia ter sido um navio ou contêiner naufragado, ou outro objeto desconhecido.

O submarino foi posteriormente relatado como se dirigindo para o território norte-americano de Guam.

O USNI News, um site especializado na Marinha dos EUA, disse que o último incidente conhecido em que um submarino submerso dos EUA atingiu outro objeto subaquático foi em 2005, quando o USS San Francisco atingiu, em velocidade, uma montanha subaquática perto de Guam. Um marinheiro morreu no incidente.

A disputa pelo Mar do Sul da China

O USS Connecticut estava operando em uma das regiões mais disputadas do mundo. A China reivindica a maior parte do Mar do Sul da China, mas os países vizinhos e os EUA discordam.

Filipinas, Brunei, Malásia, Taiwan e Vietnã têm disputado a reivindicação da China de quase todo o mar por décadas, mas a tensão aumentou constantemente nos últimos anos.

Os EUA apoiaram muitos desses países nesta disputa territorial.

O incidente ocorre poucas semanas depois que EUA, Reino Unido e Austrália firmaram um pacto de segurança histórico na Ásia-Pacífico, no que é visto como um esforço para conter a China.

É o maior acordo de segurança entre as três nações desde a Segunda Guerra Mundial (1939-45), segundo analistas do setor de defesa e segurança. Embora os EUA, o Reino Unido e a Austrália sejam aliados há décadas, o pacto formaliza e aprofunda sua cooperação de defesa.

O Conselheiro de Segurança Nacional dos EUA, Jake Sullivan, disse à BBC que estava “profundamente preocupado” com as ações que minam a paz no Estreito de Taiwan, que separa Taiwan da China. Ele falou depois que a China enviou um número recorde de jatos militares à zona de defesa aérea de Taiwan pelo quarto dia consecutivo.