Facebook diz que causa principal de falha foi “alteração de configuração incorreta”

Falha impediu os 3,5 bilhões de usuários da empresa de acessar suas mídias sociais e serviços de mensagens

135
Facebook logo is seen displayed on a phone screen in this illustration photo taken in Poland on November 29, 2020. (Photo illustration by Jakub Porzycki/NurPhoto via Getty Images)

O Facebook alegou, nesta segunda-feira (4), que alterações de configuração incorretas em seus roteadores são a causa principal da interrupção de quase seis horas da plataforma. A falha impediu os 3,5 bilhões de usuários da empresa de acessar suas mídias sociais e serviços de mensagens.

“Nossas equipes de engenharia detectaram que as alterações de configuração nos roteadores de backbone, que coordenam o tráfego de rede entre nossos data centers, causaram problemas que interromperam essa comunicação”, disse o Facebook.

A empresa disse ainda que está trabalhando ativamente para que as operações voltem a funcionar em sua totalidade.

“Nossos serviços estão novamente online e estamos trabalhando ativamente para devolvê-los totalmente às operações regulares. Queremos deixar claro, neste momento, que acreditamos que a causa raiz dessa interrupção foi uma alteração de configuração com defeito”, esclareceu em um comunicado.

“Também não temos evidências de que os dados do usuário tenham sido comprometidos como resultado desse tempo de inatividade”, acrescentou a empresa.