Google repassou US$ 3 milhões a canais bolsonaristas investigados pelo TSE

Os valores foram obtidos de 2019 para cá por meio da monetização dos canais no Youtube

65

Um relatório enviado pelo Google ao Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mostra que o valor repassado pela empresa aos canais bolsonaristas alvos da ordem de desmonetização chegou a marca de US$ 3 milhões. A soma leva em conta as transferências feitas desde 2019 por meio das visualizações que as páginas tiveram no Youtube .

Segundo a coluna Painel, da Folha de S. Paulo, o documento foi enviado para a investigação de fake news e ataque às urnas conduzida pelo TSE. Desde que o ministro à frente do caso, Luís Felipe Salomão, determinou o bloqueio de repasses a esses canais, o tribunal já juntou R$ 500 mil em uma conta judicial.