Veículos afetados pelas enchentes no Rio Grande do Sul são leiloados pela metade do preço

Carros são higienizados e vendidos pela metade do preço de mercado; 500 já foram vendidos

0
129

As enchentes que atingiram o Rio Grande do Sul impulsionam o mercado de leilões de veículos. A Pestana Leilões, uma das maiores organizações de leilões do estado, recebeu mais de 5 mil carros afetados pelas águas e vendeu mais de 500 — número que cresce a cada dia.

Apenas nesta terça-feira (25), mais de 300 carros afetados pelas enchentes foram leiloados de modo presencial on-line pela empresa. Os preços variam de acordo com o veículo e estado de conservação e vão de R$20 mil a R$80 mil em média.

Os descontos são de cerca de 50% em comparação a Tabela Fipe, de acordo com Liliamar Pestana Gomes, leiloeira oficial e CEO da Pestana Leilões, em entrevista à CNN.

Cerca de 200 mil carros foram afetados pelas águas e 3 mil veículos zero quilômetro foram perdidos em concessionárias, de acordo com a estimativa da Bright Consulting, consultoria especializada no setor automotivo.

O levantamento indica que a minoria desses carros tem seguro contra enchente — 30% desses veículos – ou cerca de 60 mil unidades – devem contar com seguro por enchente no Rio Grande do Sul.

“O mercado de leilão dos veículos de enchentes está aquecido, as vendas cresceram quase 100%”, afirma Liliamar. A leiloeira oficial ainda adianta que os veículos mais caros, acima de R$100 mil, ainda estão na fila para entrar no leilão.

Os veículos são recebidos em pátios e passam por lavagens e higienizações. Somente nesta organização, mais de 150 carros afetados pelas águas chegam todos os dias.

A expectativa é que mais leilões aconteçam diariamente e mais de 6 mil veículos sejam vendidos.

A Pestana Leilões esclarece que os veículos podem ter sido danificados de forma significativa em sua parte mecânica e elétrica — o que pode gerar problemas de desempenho e segurança a longo prazo.