Dengue: algumas plantas podem afastar o mosquito Aedes aegypti

Plantas como a citronela possuem compostos químicos que agem como um repelente natural para o mosquito da dengue

88

Com mais de três milhões de casos confirmados de dengue, o Brasil registra o pior surto da doença da história. Por isso, qualquer forma de combate o mosquito Aedes aegypti é bem-vinda. Uma delas envolve plantas específicas.

Repelente natural para o mosquito da dengue

De acordo com pesquisadores, algumas espécies possuem compostos químicos que agem como um repelente natural para os insetos transmissores da doença. Isso acontece com plantas como a citronela, por exemplo.

No entanto, especialistas indicam que a duração desse efeito é muito limitada. Se o cômodo de uma casa for muito grande, por exemplo, a planta não vai ser capaz de repelir totalmente o mosquito. Além disso, as substâncias responsáveis por afastar o mosquito estão dentro dos tecidos das plantas e não ficam constantemente sendo dispersas no ambiente.

Dessa forma, a extração de óleo dessas plantas, processo que concentra e potencializa o efeito de repelência, apresenta uma eficácia maior para afastar os mosquitos. O uso de repelentes industrializados, com eficácia aprovada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), também são mais indicados.

Outro ponto de atenção é que o uso inadequado das plantas pode trazer risco à saúde. Esfregar elas no corpo, por exemplo, não aumenta o efeito repelente. Pelo contrário, pode causar problemas como urticárias e alguns tipos de alergia. As informações são do G1.

Citronela é uma ótima planta contra dnegue

Mais de três milhões de casos

  • Segundo o mais recente balanço divulgado pelo painel de Monitoramento das Arboviroses, do Ministério da Saúde, em apenas quatro meses neste ano, o Brasil já quase dobrou o total de casos da doença registrados em 2023.
  • São 3.289.639 diagnósticos e 1.385 mortes confirmadas desde o início do ano.
  • Outros 1.955 óbitos estão em investigação.
  • Em todo o ano de 2023 foram contabilizados 1,6 milhão de casos de dengue.
  • De acordo com o Ministério da Saúde, nove unidades federativas estão com tendência de queda no número de infecções, são elas: Acre, Roraima, Amazonas, Tocantins, Goiás, Piauí, Minas Gerais, Espírito Santo e Distrito Federal;
  • Outros 13 estados apresentam tendência de estabilidade: Rondônia, Pará, Amapá, Mato Grosso, Mato Grosso do Sul, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Paraná, Ceará, Paraíba, Rio Grande do Norte, Rio de Janeiro e São Paulo;
  • Alagoas, Bahia, Maranhão, Pernambuco e Sergipe seguem com tendência de alta.