segunda-feira , 20 maio, 2024
Início Destaque Apple alerta para “ataque de spyware mercenário” em iPhones

Apple alerta para “ataque de spyware mercenário” em iPhones

Empresa enviou e-mail de notificação para usuários de mais de 90 países

117

A Apple enviou, nesta quinta-feira (11), um e-mail de alerta para usuários de iPhone em 92 países que possivelmente foram vítimas de um “ataque de spyware mercenário”. Segundo informações da Reuters, que checou o aviso, a fabricante descobriu que invasores tentaram “comprometer remotamente” o sistema do celular, afetando a segurança das informações e atividades realizadas no dispositivo.

  • Os ataques de ‘spyware mercenário’, tidos como invasão para espionagem, são raros e muito mais sofisticados do que atividades cibercriminosas regulares ou malware de consumo;
  • Desde 2021, a Apple já emitiu diversas notificações como essa. Ao total, a companhia alertou usuários em mais de 150 países até o momento;
  • Diferente de um alerta de 2023, que relacionou algumas invasões ao iPhone com o Estado, a big tech disse que dessa vez não atribuiu as notificações de ameaças a “nenhum invasor específico patrocinado pelo Estado”;
  • A empresa também pontuou que “a maioria das pessoas nunca foi alvo deste tipo de ataque”, dado seus objetivos específicos;
  • Mais detalhes sobre os usuários atacados e a lista de países não foram divulgados.

A Apple detectou ser alvo de um ataque de spyware mercenário que está tentando comprometer remotamente o iPhone associado ao seu ID Apple. Este ataque visa-o provavelmente por causa de quem você é ou do que faz. Embora nunca seja possível obter certezas na detecção deste tipo de ataque, a Apple confia muito neste aviso — por favor, leve-o a sério.

Com a identificação da ameaça, a Apple destacou em seu site oficial um tutorial de como proteger os dispositivos contra spyware mercenário com o modo de bloqueio. A proteção extrema só deve ser usada se acreditar que pode ter sido alvo de um ciberataque altamente sofisticado. Confira aqui!