Dra. Taíssa solicita veículo para pacientes em tratamento de hemodiálise de União Bandeirantes

Moradores do distrito precisam se deslocar até a capital, e a falta de transporte é um dos desafios enfrentados.

150

A realidade enfrentada pelos pacientes em tratamento de hemodiálise no distrito de União Bandeirantes impõe desafios substanciais e inadiáveis. Um deles é a falta de transporte para se deslocarem até a capital rondoniense, Porto Velho. Visando contribuir e diminuir os impactos enfrentados, a deputada estadual Dra. Taíssa (Podemos) protocolou uma indicação parlamentar à Secretaria de Estado de Saúde (Sesau), solicitando a disponibilização de um veículo para a região.

A ausência de um centro de tratamento local faz com que obrigatoriamente o paciente vá até a capital para realizar os procedimentos necessários, e a falta de transporte é um problema recorrente, não só em União Bandeirantes, e afeta a vida de pessoas em vulnerabilidade social, que precisa de auxílio por não ter condições de arcar com os gastos do transporte.

Entendendo as diversas dificuldades enfrentadas pelos pacientes que residem no distrito e executam o tratamento na capital, a parlamentar solicitou à Sesau um transporte para deslocamento. A população e a deputada aguardam respostas positivas.

Hemodiálise

A hemodiálise é um tratamento médico vital para pessoas que sofrem de doença renal crônica avançada, onde os rins não conseguem mais filtrar adequadamente os resíduos e o excesso de fluidos do sangue. Esse tratamento é essencial para melhorar a qualidade de vida e manter a saúde de pacientes cujos rins estão comprometidos.