Curso de piscicultura a moradores de Buritis é solicitado pelo Delegado Lucas

Município já é um dos 30 maiores produtores de Tambaqui do país.

158

Buscando viabilizar a disponibilização de ensino profissionalizante à cidade de Buritis, o deputado Delegado Lucas (PP) apresentou nesta semana uma indicação ao governo do estado solicitando o envio de uma ‘carreta/escola móvel’ para oferecer cursos de piscicultura à população.

De acordo com a justificativa do parlamentar, a proposta visa atender à crescente necessidade de qualificação técnica em piscicultura na região de Buritis, podendo desta forma contribuir no incremento da produção pesqueira local. 

“A carreta/escola móvel proporcionará alternativas de renda para as famílias de pequenos produtores rurais do município, oferecendo oportunidades de capacitação e desenvolvimento profissional. Com o setor da piscicultura em destaque, essa iniciativa fortalecerá a cadeia produtiva da pesca em Buritis, além de facilitar a inserção rápida no mercado de trabalho”, destacou o parlamentar.

A solicitação é que o curso de piscicultura seja realizado no município por meio do Instituto Estadual de Desenvolvimento da Educação Profissional de Rondônia (IDEP). No estado, a profissionalização oferecida pelo IDEP, através das escolas itinerantes, tem mostrado iniciativa de grande relevância, uma vez que, segundo o deputado, impulsionou a educação e o aprimoramento das habilidades já adquiridas pelos produtores rurais, por exemplo.

Produção de peixes em Buritis

De acordo com dados do último levantamento do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), Buritis foi um dos 30 municípios do país que mais produziram Tambaqui em 2022. Foram quase 800 mil quilos comercializados em um ano.

Já na relação ao Pirarucu, o destaque foi ainda mais positivo para Buritis, que foi o 9° maior produtor do país — com quase 200 mil quilos em um ano.