Brasil tem 1,8 milhão de casos de dengue em 2024 e bate recorde histórico

166

O Brasil registrou 1.889.206 casos prováveis de dengue em 2024 e bateu o recorde do maior número de contaminações pela doença em um ano.

O que aconteceu

A taxa registrada nas primeiras 11 semanas do ano é inédita. Dados do Painel de Arboviroses do Ministério da Saúde, atualizados nesta segunda-feira (18), indicam que esse é o maior número desde o início da série histórica, em 2000.

Para efeito de comparação, no mesmo período do ano passado, o Brasil tinha 400.197 casos. O recorde anterior de casos prováveis ocorreu em 2015, com 1.688.688 (ao longo de todo o ano). Em 2023, total anual de casos foi de 1.658.816. Os dados são do Ministério da Saúde, por meio do Sistema de Informação de Agravos de Notificação.

O país também registrou 561 mortes pela doença. Os dados são desde o início de janeiro até hoje. Além disso, 1.020 óbitos estão em investigação. O recorde de mortes por dengue foi registrado em 2023, quando o governo federal confirmou 1.094 óbitos ao longo de todo o ano.

Dez unidades da Federação já decretaram emergência em saúde pública por causa do aumento de casos de dengue. São eles: Acre, Paraná, Distrito Federal, Goiás, Rio de Janeiro, Espírito Santo, Santa Catarina, São Paulo, Minas Gerais e Rio Grande do Sul. De acordo com levantamento do Ministério da Saúde, há ainda 288 decretos municipais – a maioria em Minas Gerais.

Cidade de SP decreta estado de emergência

O prefeito Ricardo Nunes assinou decreto após a taxa de incidência chegar a 414 casos por 100 mil habitantes. O número ultrapassou o limite considerado epidêmico, estabelecido em 300 casos.

O número de óbitos causados pela doença também aumentou para 11. Foram três a mais em relação ao registrado na semana passada. Com o decreto, as Assistências Médicas Ambulatoriais na capital paulista operarão em horário estendido, até as 22h.

Em todo o estado de São Paulo, já foram registrados 78 óbitos por dengue. São mais de 234 mil casos diagnosticados confirmados.

Como combater a dengue?

A dengue é causada por um vírus transmitido pelo mosquito Aedes aegypti. Por isso, a principal forma de combatê-la é impedir a proliferação do vetor e destruir seus criadouros, segundo a matéria VivaBem.

Depósitos de água parada e limpa são o local preferido das fêmeas do Aedes para depositar os ovos. Portanto, é importante eliminar a água parada de recipientes como pratos de vasos de planta, garrafas, pneus, calhas. Outra medida é realizar a limpeza regular da caixa d’água e sempre mantê-la fechada, com tampa adequada.

Vacinação. O Ministério da Saúde selecionou 521 municípios de 16 estados brasileiros, além do Distrito Federal, para iniciar a vacinação contra a dengue via Sistema Único de Saúde. O público-alvo inicial da imunização são crianças e adolescentes de 10 a 14 anos, faixa etária que concentra maior número de hospitalizações por dengue.

Ela pode ser aplicada tanto em quem já teve a doença quanto em quem nunca foi diagnosticado.