Boletos vão compensar no dia do pagamento a partir de sexta (15)

Se você efetuar o pagamento de boletos bancários dentro do prazo determinado, o valor será liquidado no mesmo dia — novidade começa a valer na sexta (15)

111

A Febraban (Federação Brasileira de Bancos) anunciou que o boleto bancário vai passar a ser liquidado no mesmo dia do pagamento feito até às 13h30. A mudança entra em vigor a partir de sexta-feira (15) e vai afetar principalmente a pessoa que recebe o dinheiro.

Mais da metade de boletos no mesmo dia

De acordo com a Febraban, se a pessoa efetuar o pagamento após às 13h30, o boleto bancário será liquidado no dia útil seguinte. No entanto, tudo ainda depende do contrato que o credor possui com a instituição financeira. O Diretor-adjunto de Serviços da Febraban, Walter Faria, avalia que a mudança deve beneficiar o comércio.

“No início desta mudança, a estimativa é que cerca de 57% dos boletos possam ser processados no mesmo dia, enquanto 43% seriam no prazo D+1 (dia útil seguinte). Assim que a modernização estiver implantada, funcionando sem nenhuma ocorrência técnica, a ideia é iniciar os estudos para trazer toda a liquidação de boletos para o prazo D+0 (mesmo dia útil)”, destaca Faria.

Você poderá pagar os boletos para eles caírem no mesmo dia (Imagem: Eduardo Soares/Unsplash)

Novidade no sistema não deve substituir o Pix

Vale apontar que, mesmo com a crescente popularidade do Pix, o boleto ainda está bastante presente no dia a dia de quem oferece serviços, como escolas, academias e planos de saúde. Só no ano passado foram 4,2 bilhões de documentos transacionados que totalizam R$ 5,8 trilhões, segundo a entidade dos bancos.

Economista da Associação Comercial de São Paulo (ACSP), Ulisses Ruiz de Gamboa comentou ao Canaltech que ,mesmo com a novidade, o boleto não deve se destacar perante o Pix.

“Os boletos representam uma alternativa adicional ao Pix para as empresas receberem, mas nem todas vão receber no mesmo dia, o que é desvantajoso. Também teríamos que ver como se comparariam os custos do boleto para a empresa em relação a receber via Pix”, aponta.

Ainda segundo Gamboa, mesmo se “perdesse” a disputa, o boleto bancário não deve ser colocado de lado tão cedo. “O boleto pode continuar existindo, mas provavelmente assumirá um formato digital, assim como a moeda”, aposta.

Caso queira usar os boletos bancários com mais frequência, vale aprender como gerar o documento pelo Mercado Pago, Nubank e no PicPay.