PF e Ibama realizam operação para coibir garimpo ilegal em Rondônia

Durante o trabalho foram inutilizadas 52 dragas e balsas que atuavam à margem da lei na extração de ouro

47

A Polícia Federal, em ação conjunta com o Ibama, realizou, na última quinta-feira (8/2), a Operação Febre de Fogo III no Rio Madeira e na Lagoa Paraíso, nas imediações da cidade Humaitá (AM), a fim de conter o garimpo ilegal e a consequente degradação do ecossistema da região.

Durante o trabalho foram inutilizadas 52 dragas e balsas empregadas exclusivamente na atividade criminosa de extração de ouro no leito do rio.

Para essa ação ostensiva, a Polícia Federal destacou quatro embarcações táticas, além do efetivo de 24 policiais federais, dentre explosivistas, pilotos de embarcação e Grupo de Pronta Intervenção (GPI).

A aeronave da Polícia Federal e um grupo tático de enfrentamento de crises estavam de prontidão na região para dar suporte na operação e reprimir qualquer resistência.

A prática criminosa de extração ilegal de minério, com a utilização de materiais tóxicos despejados nos rios, afeta diretamente a saúde humana, a fauna e a flora de toda a localidade.

A Polícia Federal e os demais órgãos continuarão presentes na região, com o objetivo de proteger o meio ambiente e levar à justiça aqueles que insistem em extrair os recursos naturais de maneira ilegal.

Por: Polícia Federal