População de Alto Paraíso é contemplada com ponte construída no rio Jamari, na RO-459

69

Produtores e moradores do município de Alto Paraíso e região, localizado à 182 quilômetros de Porto Velho, vivem uma nova realidade com a ponte de concreto construída pelo Governo de Rondônia no rio Jamari, na RO-459. A ponte, que teve a obra iniciada em 2021, foi inaugurada nesta segunda-feira (29).

Alto Paraíso, que nos últimos anos tem recebido diversos investimentos do Governo do Estado, recebe a nova ponte, que garante o direito de ir e vir dos 16.320 habitantes do município e vai proporcionar fluidez para o escoamento agrícola da região. A obra foi realizada com o método executivo de lançamento de vigas, como a treliça lançadeira, que consiste em transportar vigas pré-moldadas do local onde foram construídas, colocando-as onde a obra está localizada.

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha, a obra representa progresso para a região do Vale do Jamari, e irá beneficiar a população do município e adjacências. “Esta é mais uma das importantes obras feitas pelo Governo do Estado. É uma ponte com estrutura mais elevada, uma obra fundamental, que proporciona segurança na rodovia e fortalece a agricultura e outros setores econômicos do município”, destacou.

Segundo o diretor-geral do Departamento Estadual de Estradas de Rodagem e Transportes (DER), Éder Fernandes, Rondônia é um estado do agro e necessita de infraestrutura para manter o desenvolvimento. “As pontes fazem parte desse progresso, e a população de Alto Paraíso teve paciência, atenção, e hoje passa a ser contemplada com esta importante obra”, salientou.

A moradora da localidade, Andrelina Carvalho ressaltou a felicidade em ter a ponte de volta, e agora em estrutura de concreto. “Estamos muito felizes com essa ponte nova. Agora vamos andar com mais segurança e tranquilidade. Moro há muitos anos aqui em Alto Paraíso, e é muito bom ver o Governo do Estado investindo na nossa região”, afirmou.

SOBRE A PONTE

A estrutura possui 130 metros de comprimento e 8,80 metros de largura. Para a nova ponte foram necessárias 16 vigas, cada uma com 32 metros de comprimento, pesando 45 toneladas.

A ponte recebeu serviços de aterro, regularização de subleito, sub-base, base e enrocamento com pedra, a 360 metros do encontro da ponte com a estrada. A estrutura conta ainda com revestimento asfáltico de Concreto Betuminoso Usinado à Quente (CBUQ), com cinco centímetros de espessura. Durante a construção, o Governo do Estado disponibilizou à população travessia gratuita no rio Jamari, por meio de balsa.