O que você sabe sobre saúde sexual?

17

O corpo humano é social e está em constante mudança. Evoluímos, aprendemos e mudamos ao longo do tempo, tanto física como psicologicamente. Tudo o que vemos e sentimos, tudo o que nos rodeia, afeta nossas vidas de uma forma ou de outra. Especialmente em algo tão natural e básico como sexo, saúde sexual e relacionamentos.

Depois de todo esse tempo, e levando em conta a evolução de nossa sociedade e os incríveis avanços tecnológicos que nos ajudaram a nos libertar e a nos capacitar, você pensaria que nós conhecemos melhor. Nada mais longe da verdade, ainda há muita desinformação e riscos associados ao assunto. É por isso que a Skokka e seu site de acompanhantes br.skokka.com/acompanhantes-br/ quiseram esclarecer o assunto.

Día Mundial de la Salud Sexual

A Associação Mundial de Saúde Sexual (WAS) começou, em 2010, a propor o 4 de setembro como a data do Dia Mundial da Saúde Sexual a todas as organizações com as quais colabora. O objetivo deste dia é difundir a consciência do bom comportamento sexual, incentivar o aprendizado sobre a saúde sexual e prevenir a propagação de Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs).

 Hoje, tornou-se uma data realmente importante no mundo inteiro, especialmente em lugares como Jalisco, México, onde foi oficializada. Mostrando a real preocupação com estas questões e as últimas tendências.

Por exemplo, em outubro passado, a Public Health England (PHE) apresentou os últimos dados sobre a proporção de jovens sendo diagnosticados com uma DST, e é preocupante. Os dados mostram que a cada 4 minutos uma pessoa jovem, com idade entre 15 e 24 anos, é diagnosticada com uma DST, sendo as principais doenças a clamídia e a gonorréia. De todos os diagnósticos de clamídia, 63% e 37% dos diagnósticos de gonorréia provêm deste grupo específico de pessoas.

Causas do nível atual de saúde sexual

Os principais fatores que afetam a saúde sexual de cada pessoa são os quatro seguintes:

  • Informação: Muitas pessoas nunca discutiram a saúde sexual, mesmo pequenas conversas com seus pais ou profissionais. Eles não receberam informações sobre como fazer isso com segurança e sobre os problemas que podem surgir do sexo desprotegido. Isto mostra que, dependendo do interesse e da acessibilidade de tais informações, os riscos aumentam ou diminuem.
  • Distribuição de medicamentos e contraceptivos: O acesso a esses produtos não é tão fácil como em outras partes do mundo. Temos um tempo relativamente fácil para conseguir qualquer uma destas coisas, mas em muitas partes do mundo elas são consideradas uma mercadoria.
  • Perder a virgindade: As novas gerações perdem sua virgindade mais cedo com o passar do tempo. Isto torna difícil para os jovens que começam no mundo do sexo, pois eles não estão plenamente conscientes das possíveis conseqüências.
  • Estilo de vida, rotina e estresse: trabalho, telefone, televisão e a necessidade de ir de um lugar para outro. Estes são apenas alguns exemplos simples de fatores em nossa vida diária, especialmente nas grandes cidades, que nos estimulam demais sem que estejamos cientes disso. O desejo de fazer e fazer tudo rapidamente às vezes nos faz perder de vista o grande quadro e esquecer as precauções tomadas.

Problemas comuns

Quando não tomamos as medidas preventivas necessárias quando fazemos sexo, tais como contraceptivos ou check-ups regulares, corremos o risco de ter:

  • Doenças Sexualmente Transmissíveis (DSTs) ou Infecções Sexualmente Transmissíveis (DSTs): A gama de doenças e infecções que uma pessoa pode contrair é muito ampla. Entre eles, os mais comuns e perigosos são o HIV, clamídia, gonorréia, herpes, sífilis, candidíase e piolhos. É realmente importante saber um pouco sobre todos eles, pois cada um deles é transmitido de forma diferente e tem sintomas diferentes. 
  • Gestações indesejadas: Para muitas mulheres, dar à luz e ter filhos é um de seus objetivos na vida. Mas isso significa que há também milhares de mulheres para as quais uma criança seria um fardo e não um presente. Para estas meninas acompanhantes em Londres ou em qualquer outro lugar do mundo, engravidar pode ser um grande revés para seu trabalho, assim como a responsabilidade de ter um filho indesejado. Com informação e cautela, isso pode ser evitado. 
  • Falta de desejo sexual: nossos agitados estilos de vida e rotinas muitas vezes têm seu impacto em nossas vidas sexuais e dificultam a busca de tempo ou motivação para o sexo. 
  • Disfunção erétil: Uma condição na qual o pênis não aparece despertado apesar da atração e da excitação real. Também está incluída nesta categoria a ejaculação em estágios muito iniciais da atividade sexual. 
  • Anorgasmia: A dificuldade, ou ausência total, de orgasmos. 
  • Fratura peniana: Embora muitos acreditem que não passa de um mito, podemos assegurar-lhe que é verdade e uma verdade muito dolorosa. É uma área realmente sensível e muitas dessas fraturas ocorrem em posições específicas que exercem grande pressão sobre o pênis. 

Contamos a você toda a verdade sobre os tabus do sexo e como quebrá-los e se divertir com seu parceiro sexual.

Soluções atuais

  • Conferências e palestras: Milhares de palestras são realizadas ao redor do mundo, onde profissionais são convocados e testes STD/STI gratuitos, entre outras coisas, são fornecidos. Por exemplo:
    • De 5 a 8 de dezembro, foi a Conferência Nacional SexEd de 2023 em Atlantic City.
    • No dia 3 de julho haverá o Evento de Verão dos Membros do Fórum de Educação Sexual 2024 em Londres. 
  • Leis: Alguns governos, depois de ver os últimos dados confirmando que há uma tendência crescente de propagação de infecções, gravidezes precoces, etc., estão finalmente alcançando sua agenda de saúde sexual. Estes governos estão estudando a possibilidade de legislar melhor a educação em saúde sexual, para que os riscos sejam melhor compreendidos e a probabilidade de problemas futuros seja reduzida. 
  • A saúde sexual é um conjunto de técnicas de foco e relaxamento que envolve o foco em tudo o que está acontecendo e ao nosso redor. Está se tornando cada vez mais comum ver pessoas usando essas técnicas durante o sexo, algumas das pessoas que usam essas técnicas são as belas acompanhantes BH. É cada vez mais comum ver pessoas usando essas técnicas durante o ato sexual. Sentir mais de tudo o que está acontecendo e ao seu redor ajuda com uma longa série de problemas como disfunção erétil, orgasmos e muito mais.

 

  • Inovação e invenções: O preservativo inteligente, semelhante a um anel vibratório. É um complemento que pode ser usado como dispositivo de medição ou como preservativo e dispositivo de medição ao mesmo tempo. Ele conta o número de bombas, kcal consumido, ritmo, duração e muito mais.