Ministros e aliados viram risco à segurança de Lula no 8 de janeiro

Em livro, Edinho Silva narra reação do presidente ao tomar conhecimento dos ataques aos prédios dos Três Poderes

105

O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) queria embarcar rumo a Brasília para liderar a resposta aos ataques de 8 de janeiro, mas teria sido convencido por alguns de seus principais conselheiros de que sua segurança poderia estar em risco.

O relato consta do livro “Uma Cidade na Luta pela Vida, da Pandemia ao 8 de janeiro”, escrito pelo ex-ministro e prefeito de Araraquara Edinho Silva, que foi lançado nesta segunda-feira (13) em São Paulo.

A obra, que conta em detalhes a experiência da administração de Edinho, dedica um capítulo aos acontecimentos do dia 8 de janeiro.