Produtores rurais vão participar do Dia de Campo do Café em Rio Pardo e União Bandeirantes

Serão 150 produtores participantes em cada localidade

191

Como parte do Programa de Incentivo à Cafeicultura, implantado pela Prefeitura de Porto Velho, produtores rurais participam, nos dias 19 e 20, em Rio Pardo e União Bandeirantes, de um Dia de Campo do Café. A Secretaria Municipal de Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Semagric), assim como a Embrapa e a Emater, são parceiras do Sebrae através do programa Produzir Brasil.

Entre os anos de 2017 e 2022, a Prefeitura de Porto Velho distribuiu aproximadamente 2,2 milhões de mudas de café clonal beneficiando cerca de mil famílias de produtores rurais, com o objetivo de incentivar a cafeicultura do município, atendendo cada propriedade familiar com mudas para a formação de um hectare por produtor. Hoje, a capital produz em torno de 100 toneladas de café em grão por ano.

De acordo com o gerente de Agroindustrialização da Semagric, as áreas de plantio que serão apresentadas são resultantes do incentivo da Prefeitura. Serão 150 produtores participantes em cada localidade. “Hoje nós estamos colhendo os frutos desse programa tão bem pensado para o município. E estamos com esses dois dias de campo em Rio Pardo e União Bandeirante contando com uma novidade: dessa vez nós vamos ter um laboratório para fazer a classificação de café, avaliar qualidade do café, ou seja, todos os parceiros envolvidos juntos e com essa classificação do café que é muito importante para o município e, por outro lado, que tínhamos ainda em definitivo”, explicou Manoel Izidio.

O café é uma cultura muito apropriada para a agricultura familiar, por existir potencial de mercado e os agricultores poderem aproveitar áreas já desmatadas existentes no estado, para produzir e gerar renda.