Pesquisador de Rondônia conquista 1ª colocação em premiação nacional de Ciência e Tecnologia, em São Paulo.

141

O pesquisador Luis Francisco de Machado Pfeifer, amparado em suas pesquisas pela Fundação de Amparo ao Desenvolvimento das Ações Científicas e Tecnologias e à Pesquisa – Fapero, órgão de fomento à pesquisa do Governo de Rondônia, conquistou a 1ª colocação na premiação nacional em Ciência, Tecnologia e Inovação – CT&I, realizado pelo Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa – Confap, em parceria institucional com o Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq, entidade ligada ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações – MCTI para incentivo à pesquisa no Brasil.

A cerimônia da premiação ocorreu na quinta-feira (23), durante o Fórum Nacional, em São Paulo. O objetivo da premiação é reconhecer pesquisadores que se destacaram em pesquisas, cujos resultados geraram conhecimento e contribuíram com o desenvolvimento e o bem-estar da população em geral. O pesquisador foi agraciado, na categoria Pesquisador(a) Inovador(a) – Inovação Para o Setor Público e engrandece, por meio do Governo de Rondônia e Fapero.

Para o governador de Rondônia, Marcos Rocha, as ações que estão sendo executadas, mostram o comprometimento do Estado com a valorização das pesquisas em forma de investimentos e incentivos. “Atualmente são 142 pesquisadores amparados pela Fapero, por meio dos recursos oriundos do Governo de Rondônia. Nos últimos quatro anos foram mais de 23,4 milhões em pesquisas, no ano passado investimos o montante de 5,5 milhões. Os pesquisadores recebem bolsas que variam de 450 a 700 reais (iniciação científica – graduação), 2500 (mestrado) e 4200 reais (bolsistas em produtividade doutores), resultados como estes reafirmam o compromisso do governo em manter os investimentos em ciência e tecnologia, ajudando assim, a construir um futuro de desenvolvimento para o Estado”, destacou.

Entre as ferramentas desenvolvidas a partir das pesquisas, destaca-se o Sagabov, dispositivo que permite ao produtor rural avaliar de forma rápida e precisa, o acabamento da carcaça dos bovinos destinados ao abate. Pfeifer desenvolveu também o Vetscore, uma ferramenta simples, formada por duas réguas, que permite ao produtor obter informações precisas sobre a condição corporal do animal e, a partir delas, selecionar animais mais adequados, resultando em maior ganho em fertilidade e produção de leite.

O médico veterinário, Doutor em Melhoramento e Reprodução Animal, Luis Francisco agradeceu o apoio institucional do Governo de Rondônia que, através da Fapero, fomentou as pesquisas realizadas. “Esse prêmio que recebo é o fruto do trabalho coletivo de várias pessoas e instituições envolvidas, principalmente, o Governo de Rondônia que nos apoia no desenvolvimento das nossas pesquisas, no laboratório da Embrapa Rondônia. Sou muito grato por esse reconhecimento”, enfatizou o pesquisador.

O Prêmio CONFAP de CT&I é uma iniciativa do Conselho Nacional das Fundações Estaduais de Amparo à Pesquisa, com apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico – CNPq.