Segunda dose da Coronavac para crianças de 3 a 11 anos volta a ser aplicada a partir desta quarta-feira (18)

Município recebeu 770 doses do imunizante que será ofertado em quatro unidades de saúde

34

O município de Porto Velho recebeu, nesta terça-feira (17), 770 doses da vacina Coronavac contra a covid-19. A Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) vai priorizar a aplicação em crianças de 3 a 11 anos com a segunda dose pendente, devido à baixa quantidade recebida. A vacinação por livre demanda estará disponível a partir desta quarta-feira (18) em quatro unidades da capital. Na tabela abaixo é possível conferir as unidades abertas em cada dia da semana.

PFIZER BABY

A Divisão de Imunização da Semusa informa que a vacina da Pfizer para primeira dose de bebês de 6 meses a menores de 3 anos continua em falta. No entanto, quem precisa receber segunda e terceira dose deve procurar as unidades, pois o imunizante para este público está garantido.

Bebês com idade entre 6 meses a menores de três anos devem receber três doses da vacina para completar o ciclo de proteção. O intervalo é de um mês entre a primeira e a segunda aplicação, e dois meses entre a segunda e a terceira aplicação.

DEMAIS PÚBLICOS

A vacina contra a covid-19 para os demais públicos continua disponível em todas as unidades básicas de saúde da rede municipal. De acordo com a enfermeira Marina Martellet, da Divisão de Imunização, o imunizante disponibilizado pelo Ministério da Saúde é a Pfizer.

“Através de Nota Técnica, o Ministério da Saúde recomenda que a vacina da Pfizer pode ser aplicada como segunda dose ou doses de reforço, mesmo que a pessoa tenha recebido o imunizante de outro fabricante. Ou seja, se o cidadão foi vacinado com astrazeneca, janssen ou coronavac, pode receber a dose da pfizer como complemento”.

Confira os dias e horários em cada unidade: