Porto Velho: Prefeitura faz substituição de espécies de plantas na avenida Farqhuar

Além de ser uma espécie apropriada para plantio urbano, a Resedá é conhecida por suas flores que devem fazer a cidade ficar mais colorida e bonita.

73

Antigas espécies causavam danos à calçada e fiação elétrica

Entre as responsabilidades da Secretaria Municipais de Meio Ambiente (Sema), os serviços de arborização e paisagismo vem acontecendo em diversos pontos de Porto Velho. O Parque Jardim das Mangueiras (Skate Park) e as praças do Mocambo e 22 de Dezembro, além do bairro Triângulo, são alguns dos lugares que receberam este serviço nos últimos meses. Nesta terça-feira (6), equipes da Sema trabalharam na arborização da avenida Farqhuar.

O trabalho é coordenado pelo Departamento de Proteção e Conservação Ambiental. De acordo com o secretário-adjunto da Sema, Júnior Cavalcanti, a avenida recebeu o serviço de 34 substituições de espécies de plantas Leucena por árvores de Resedá.

“Foi identificado pela nossa equipe que as Leucenas deveriam ser substituídas para não causar dano à calçada e nem à fiação elétrica, e por isso optamos por plantar uma espécie mais controlada, tanto na sua poda, como na questão da raiz, que não vai prejudicar o meio-fio, asfalto e drenagem, espécie apropriada para utilização em arborização urbana” explicou o secretário.

Além de ser uma espécie apropriada para plantio urbano, a Resedá é conhecida por suas flores que devem fazer a cidade ficar mais colorida e bonita.

Texto: Beatriz Galvão
Foto: Leandro Morais