Putin diz que 50.000 russos mobilizados estão em unidades de combate na Ucrânia

56
Presidente da Rússia Vladimir Putin 7/11/2022 Sputnik/Sergei Savostyanov/Pool via REUTERS

O presidente russo, Vladimir Putin, disse nesta segunda-feira que 50.000 soldados russos convocados como parte de sua campanha de mobilização estão lutando com unidades de combate na Ucrânia, informou a agência de notícias Interfax.

Putin disse que 80.000 estão “na zona da operação militar especial” – o termo que a Rússia usa para sua guerra na Ucrânia – e o restante dos quase 320.000 recrutas estão em campos de treinamento na Rússia.

“Agora temos 50.000 em suas unidades de combate. O restante ainda não está participando dos combates”, disse Putin, segundo a Interfax, durante visita à região de Tver, nos arredores de Moscou.

Em setembro, Putin anunciou uma campanha de “mobilização parcial” para convocar centenas de milhares de novos combatentes para a guerra depois que a Ucrânia recapturou grandes extensões de território em uma contraofensiva. A medida desencadeou um êxodo de centenas de milhares de russos e protestos contra a guerra em todo o país.

Na semana passada, Putin disse que 318.000 foram convocados para o projeto.