Ao menos 59 pessoas morrem durante tumulto em festividade de Halloween em Seul

Agência local informou que autoridades de emergência receberam pelo menos 81 pessoas no bairro de Itaewon, em Seul, relatando “dificuldade para respirar”

40

Pelo menos 59 pessoas morreram em um incidente de Halloween no bairro de Itaewon, em Seul, Coreia do Sul, no sábado à noite, de acordo com o chefe do Corpo de Bombeiros de Yongsan.

Pelo menos 150 outras pessoas também ficaram feridas, acrescentou o chefe.

A causa das mortes não foi detalhada imediatamente, mas a autoridade disse que muitas pessoas caíram em meio às festividades de Halloween.

A agência de notícias Yonhap informou anteriormente que as pessoas sofreram “parada cardíaca”, atribuindo a informação às autoridades de bombeiros. Autoridades de emergência receberam pelo menos 81 pessoas no bairro de Itaewon, em Seul, relatando “dificuldade para respirar”.

As autoridades ainda não forneceram detalhes exatos sobre a causa do incidente.

A polícia fechou a área no bairro de Itaewon, em Seul, e vídeos de mídia social mostraram pessoas deitadas nas ruas.

O presidente sul-coreano Yoon Suk Yeol enviou uma equipe de assistência médica para o incidente de Halloween, de acordo com o gabinete presidencial.

O presidente também ordenou que as autoridades garantam leitos de emergência em hospitais próximos e implementem operações de resgate e tratamento rápidos, disse o porta-voz presidencial Lee Jae-Myung em um briefing.

Yoon estava em uma reunião de emergência sobre a situação, disse o escritório em comunicado.