Justiça penhora dízimos e bens da igreja de Valdemiro Santiago

Instituição religiosa deve R$ 109 mil em aluguéis atrasados.

69

O Tribunal de Justiça de São Paulo (TJ-SP) determinou a penhora dos dízimos da Igreja Mundial do Poder de Deus – fundada pelo famoso apóstolo Valdemiro Santiago. A sentença do juiz Henrique Dada Paiva atende ao pedido de um proprietário de imóvel que cobra uma dívida de R$109 mil em aluguéis atrasados. 

De acordo com o processo, desde março de 2021, a instituição religiosa não paga os aluguéis ao proprietário. O imovél, que foi alugado em 2019 pela igreja, tem 145 metros e está localizado no bairro do Cambuci, em São Paulo.

O magistrado também determinou a penhora de bens localizados na sede da igreja,no Brás,em São Paulo, e autorizou o uso da força policial caso o oficial de justiça seja impossibilitado de cumprir a ordem judicial. 

Recentemente, a igreja inaugurou um novo templo em Minas Gerais. O evento contou com a presença do presidente Jair Bolsonaro (PL). 

Ao Terra, o TJ-SP confirmou as informações, no entanto, informou que não pode dar mais detalhes sobre o caso. A Igreja Mundial do Poder de Deus também foi procurada, mas até o fechamento da reportagem não se manifestou.