Sorvete da Häagen-Dazs é recolhido por causa de substância cancerígena

56

A Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) informou que a empresa General Mills Brasil Alimentos está recolhendo voluntariamente lotes do sorvete sabor baunilha da marca Häagen-Dazs. Mais especificamente, aqueles nas embalagens de 415 gramas (473 ml) com validade entre 7/7/2022 e 18/7/2023, vendidos a consumidores finais.

Esse recolhimento voluntário está ocorrendo em nível global, devido à presença da substância 2-cloroetanol (2-CE) encontrada no aroma de baunilha do sorvete importado da França. Não há restrições de comercialização e consumo dos demais sabores de sorvetes da Häagen-Dazs.

Substância perigosa

A 2-CE está relacionada ao óxido de etileno (ETO), para o qual não é possível afastar o potencial mutagênico (que pode causar alterações capazes de provocar danos às células humanas) e genotóxico, (que pode causar alterações no material genético). Não só isso. O ETO é classificado como substância com propriedades carcinogênicas, ou seja, que podem causar câncer.

Segundo a agência brasileira, considerando as informações científicas disponíveis, não é possível descartar a genotoxicidade da 2-CE detectada nesses lotes específicos de sorvete da marca que estão sendo recolhidos. Além disso, “não existem limites residuais aceitáveis para essa substância em alimentos”, diz a Anvisa, complementando que o alimento não deve ser consumido.

A agência orienta os consumidores a guardar a embalagem e entrar em contato com a empresa General Mills pelo telefone 0800 031 0707 ou por e-mail ([email protected]), para esclarecimentos, troca ou reembolso. O recolhimento de alimentos faz parte das Boas Práticas de Fabricação (BPF), onde as empresas devem implementar medidas de controle de qualidade no Brasil.