Funcionário recebe R$ 1,6 milhão por engano, pede demissão e foge com dinheiro da empresa

A empresa chilena tenta agora reaver o dinheiro na Justiça alegando "apropriação indevida".

169

Um funcionário de uma empresa chilena produtora de frios recebeu uma transferência de 281 milhões de pesos chilenos (cerca de 1,6 milhão), pediu demissão e fugiu com o dinheiro, segundo reportagem do jornal argentino Clarin. A empresa tenta agora reaver o dinheiro na Justiça alegando “apropriação indevida”.

Segundo o jornal, o dinheiro caiu na conta do profissional devido a um erro da área de recursos humanos da empresa, e o homem só descobriu a quantia milionária quando recebeu seu salário de maio.

Sua primeira reação foi esconder que tinha recebido o dinheiro, mas quando a empresa percebeu o erro, informou que ele tinha que devolver o recurso. No entanto, no dia combinado, ele não foi à agência bancária entregar o dinheiro que já tinha sacado.