Rússia: Adesão de Finlândia e Suécia à Otan é um “erro com consequências abrangentes”

"Eles não devem ter ilusões de que simplesmente vamos tolerar isso", declarou vice-chanceler russo

68

O vice-chanceler russo, Sergei Ryabkov, disse nesta segunda-feira (16) que a Finlândia e a Suécia não devem ter ilusões de que Moscou simplesmente vai tolerar sua adesão à Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), chamando a decisão de um erro que teria consequências abrangentes.

A mudança de postura de duas potências historicamente neutras seria uma das maiores transformações da arquitetura de segurança da Europa em décadas, refletindo uma mudança radical nas percepções na região nórdica desde que a Rússia invadiu a Ucrânia em 24 de fevereiro.

“É claro que a situação está mudando radicalmente à luz do que está acontecendo”, disse Ryabkov, segundo a agência de notícias Interfax. “O fato de que a segurança da Suécia e da Finlândia não será reforçada como resultado desta decisão é muito claro para nós”.