Rússia ataca cidades do leste e sul da Ucrânia neste domingo (10)

Ministério russo afirmou que foram atingidas estruturas militares; governador local não informou vítimas

146

As forças russas realizaram ataques com mísseis nas regiões de Dnipropetrovsk, Mykolaiv e Kharkiv, da Ucrânia, disse neste domingo (10) o Ministério da Defesa russo.

“Durante a noite, na aldeia de Zvonetske — região de Dnipropetrovsk — mísseis de lançamento marítimo de alta precisão destruíram o quartel-general e a base do batalhão nacionalista de Dnipro, onde chegaram reforços de mercenários estrangeiros outro dia”, disse o porta-voz do Ministério da Defesa russo, o general Igor Konashenkov, em um comunicado.

“Mísseis lançados de alta precisão na área do assentamento de Stara Bohdanivka, região de Mykolaiv e no aeródromo militar de Chuhuiv [na região de Kharkiv] destruíram os lançadores dos sistemas de mísseis antiaéreos S-300 ucranianos, identificados por reconhecimento”, complementa a nota.

A informação sobre um ataque já havia sido divulgada por Valentyn Reznichenko, chefe da administração militar regional de Dnipropetrovsk, no centro-leste da Ucrânia.

“Havia sirenes quase todas as horas”, disse Reznichenko. “E, infelizmente, há ataques chegando em diferentes áreas.”

Um ataque russo à capital regional de Dnipro destruiu infraestrutura, disse, sem dar mais detalhes. Ele acrescentou que os socorristas trabalharam por horas para extinguir um incêndio e que uma pessoa ficou ferida.

No distrito de Pavlohrad, a leste de Dnipro, um míssil atingiu uma instalação industrial, destruindo as estruturas e causando um incêndio, relatou Reznichenko, enquanto no distrito de Dnipo, um prédio agrícola foi incendiado.

Nenhuma vítima foi relatada em nenhum dos incidentes, afirmou.