Prefeitura de Porto Velho oferece vagas na modalidade Xadrez para autistas, cegos, deficientes visuais e auditivos

Os interessados podem obter mais informações pelo telefone: (69) 98471-9511 (whatsapp)

115

O programa de iniciação esportiva Talentos do Futuro está com inscrições abertas para crianças e adolescentes, autistas, cegos, deficientes visuais e auditivos, na modalidade de Xadrez, oferecendo 80 vagas.

Atualmente as aulas de Xadrez estão sendo realizadas no ginásio municipal Eduardo Lima e Silva, o Dudu, localizado na avenida Jatuarana, nas segundas e quartas-feiras, no horário das 8h às 12h, funcionando com quatro turmas de 10 alunos, sendo cada aula com duração de uma hora.

A Secretaria Municipal de Esporte e Lazer (Semes) de Porto Velho disponibiliza para cegos e deficientes visuais, recursos diferenciados para a sua aprendizagem, como os tabuleiros especialmente adaptados, com as cores diferenciadas por relevo, ou seja, a casa branca é mais alta e lisa e a preta mais baixa. Assim, os cegos e deficientes visuais conseguem, pelo tato, identificar as casas.

Além disso, todas as casas têm um furo para encaixar a peça e ao redor do tabuleiro tem letras de A a H e números de 1 a 8; as letras indicam as colunas e os números as filas que compõem o tabuleiro de 64 casas em braille.

O professor Jefferson Ryan explicou como funciona o jogo

Jefferson Ryan, professor da modalidade, fez uma demonstração de como funciona o jogo de Xadrez no tabuleiro adaptado e, de fato, enfatizou a secretária da Semes, Ivonete Gomes, que o jogo se aprende em uma hora. “A prática do jogo ativa a memória e, por isso, fascina e cativa crianças e adolescentes. Além disso, estimula a criatividade, educa a atenção e a concentração e, consequentemente, melhora o desempenho dos alunos praticantes nas disciplinas escolares”, acrescentou.

A Semes conta com equipe multidisciplinar para atender os alunos e acompanhar se houve ou não a melhoria do desempenho escolar, uma das metas do Programa.

“A prática do Xadrez para os cegos e deficientes proporciona a inclusão dos deficientes no esporte e nessa questão a Semes tem trabalhado para não excluir ninguém do processo esportivo”, enfatizou a secretária Ivonete Gomes.

As aulas de Xadrez também acontecerão na Vila Olímpica, localizada na Avenida Amazonas, bairro Flamboyant, nas terças e quintas-feiras, das 8h às 12h, com previsão de início no mês de maio, depois da sua inauguração.

INSCRIÇÕES

Os pais e responsáveis devem comparecer à Semes munidos dos documentos pessoais do estudante: foto 3×4, declaração escolar, cópias do boletim escolar, certidão de nascimento e/ou carteira de identidade, número do cartão do SUS, e cópias do documento do responsável com foto e comprovante de residência. Também deve ser apresentado um atestado físico de capacidade do aluno, emitido por um clínico geral.

Os interessados podem obter mais informações pelo telefone: (69) 98471-9511 (whatsapp).