Em Cacoal, “Prato Fácil” oferece refeições saudáveis por apenas R$ 2; programa beneficia pessoas em vulnerabilidade social

87

Com o credenciamento de restaurantes privados para o fornecimento de refeições saudáveis à população em situação de vulnerabilidade, o Programa “Prato Fácil”, do Governo de Rondônia, tem feito a diferença na vida de muitos rondonienses. Qualquer pessoa cadastrada no Cadastro Único (CadÚnico), pode se alimentar com refeições saudáveis e nutritivas por apenas R$ 2. O valor da refeição é complementado por subsídio do Governo do Estado, oriundo dos recursos do Fundo Estadual de Combate e Erradicação da Pobreza (Fecoep).

Executado pela Secretaria de Estado da Assistência e Desenvolvimento Social (Seas), O “Prato Fácil” foi lançado primeiro em Porto Velho, mas já está se expandindo para outros municípios. Em Cacoal, desde o dia 7 de fevereiro, pessoas estão sendo beneficiadas diariamente nesta primeira etapa do programa. A expectativa é oferecer 300 refeições todos os dias.

No município conhecido como “Capital do Café”, as refeições são oferecidas por um restaurante credenciado, que segue um cardápio variado, preparado por uma nutricionista. A proprietária do estabelecimento, Osvaldina Jonjob Milomes, preparou um local exclusivo para atender as pessoas contempladas pelo programa.

“Eu quero elogiar o Governo de Rondônia e todos os órgãos que fazem parte deste programa, que contribuíram para o “Prato Fácil”. O Poder Executivo agiu de uma maneira que realmente beneficia a população e também os empresários que fazem parte deste programa, servindo às pessoas. Se você perguntar nessa fila aqui, não vai ter ninguém que não vai dizer obrigado”, destaca.

Para Osvaldina, a Tia Dina, o “Prato Fácil” também trouxe um novo fôlego para o seu empreendimento, inclusive gerando oportunidades de emprego. No restaurante credenciado em Cacoal, mais quatro funcionários foram contratados para atender a nova demanda, além do movimento normal do restaurante.

“Este é um programa abençoado e eu fico feliz por ter sido credenciada. Como eu não tenho condições para doar comida, agora eu vou poder servir à população que precisa deste alimento. Eu sempre pensei em formas de ajudar as pessoas que precisam, mas não tinha condições sozinha. Então, este programa do Governo de Rondônia foi a maior benção que Deus deu. A população pode comer e a gente pode trabalhar”, conclui a proprietária do restaurante.

Entre as pessoas que já se beneficiaram com o programa “Prato Fácil” em Cacoal, está a diarista Lucimara Padilha de Lara, de 28 anos. Segundo ela, a oportunidade de comer bem e economizar chegou em boa hora. “O ‘Prato Fácil’ facilita muito, na questão de preço, do custo. É uma iniciativa que valeu a pena e realmente vai fazer a diferença na vida de muitas pessoas, pode ter certeza”, disse Lucimara.

Valdirene Kapran, de 38 anos, mora com os três filhos na área rural de Cacoal, pelo menos uma vez por semana precisa vir à cidade. Para ela, o “Prato Fácil” irá gerar uma economia muito importante e necessária no final do mês.

“Com o valor de R$ 2, a gente pode comprar. Beneficia quem realmente precisa calcular muito bem o dinheiro que tem para passar o mês. Esse programa é excelente e ajuda bastante em outros sentidos. Porque às vezes, por exemplo, a gente precisa fazer a correria na rua e para voltar para casa e ainda fazer o almoço, atrasa a comida das crianças”, explica.

Além de Cacoal, a expansão do programa oportunizou a chegada do “Prato Fácil” aos municípios de Guajará-Mirim e Ariquemes. Em breve, Ji-Paraná e outras cidades também serão contempladas.