“Inveja”, “Recalque” e “Hipocrisia”: Irmã defende modelo e empresária atacada nas redes por deixar o filho em escola com macaquinho fitness

Vídeo feito por outra mãe de aluno da escola viralizou nas redes sociais. Nas imagens, Vanesa Medina é filmada de costas e de frente levando o filho, de 4 anos, ao colégio.

315

Para Sarah Medina, irmã da advogada e empresária atacada nas redes sociais por deixar o filho na escola, em Santa Cruz de la Sierra (Bolívia), usando um macaquinho fitness, o motivo de tanta reação negativa é um só: “Inveja”.

“Por que invejam a minha irmã? Só posso dizer que quem faz mal recebe o mal. Tudo na vida volta. Quem age perversamente, mais cedo ou mais tarde, assume as consequências das suas ações. Você sabia que as roupas não fazem de você uma pessoa melhor ou pior? O que você carrega dentro do seu coração e suas ações a definem na realidade… Porque a boca fala da abundância do coração”, acrescentou ela.

“Que linda você é, irmã!!!!! Assim como você a vê por fora, ela tem um coração tão bonito quanto, sem ódio ou maldade”, finalizou Sarah.

Um vídeo feito por outra mãe de aluno da escola viralizou nas redes sociais. Nas imagens, Vanesa Medina é filmada de costas e de frente levando o filho, de 4 anos, ao colégio. Muitos internautas condenaram o modelito, considerado por eles como “inapropriado”, e alguns responsáveis por alunos que pediram que o menino fosse retirado da escola ou Vanesa o colocasse em outro estabelecimento de ensino.

Porém muitos outros usuários das redes se mostraram solidários a Vanesa. “Inveja”“recalque” e “hipocrisia” oram alguns do termos mais usados por internautas para manifestar apoio à boliviana, que também é modelo, já foi eleita Miss Fitness e tem academias de ginástica, segundo o site “OK Chicas”.

No Facebook, Vanesa postou nesta terça-feira (8/2) um vídeo em que aparece com o mesmo modelito alvo da controvérsia no que seria um vídeo promocional para uma marca de motocicletas. Ela não se manifestou novamente sobre o caso na escola.