Plano de Ação para Combate à Covid-19 e Influenza é reforçado com ações pontuadas pelo Governo de Rondônia aos prefeitos

Os prefeitos presentes na reunião aprovaram as cinco estratégias adotadas pelo Governo de Rondônia para conter a pandemia. Também concordaram que as aulas presenciais precisam ser mantidas em 2022, assim como aprovaram que as atividades econômicas sigam sem restrições impostas por novos decretos e que o período de Carnaval, não deve ser de festas, mas de atenção para que o Estado consiga controlar os casos da doença, e siga com economia aquecida.

163

Focado em munir os 52 municípios de condições adequadas para o enfrentamento da covid-19 e influenza, o Governo de Rondônia apresentou na manhã desta sexta-feira (28), aos gestores municipais, o plano de ação para combater essas doenças. A reunião ocorreu no Auditório Jerônimo Santana, no Palácio Rio Madeira, sede do Poder Executivo Estadual.

Em coletiva de imprensa, o Governo do Estado reforçou o apoio a todos os prefeitos para que a população de Rondônia seja protegida e amparada no combate a covid-19 e influenza em todos os 52 municípios. ‘‘Estamos trabalhando em união para proteger a população. Criamos cinco eixos para o enfrentamento a covid-19 e influenza: entrega da medicação tamiflu para tratar a influenza, testagem em massa; reorganização das instalações hospitalares para ampliar leitos. “Inclusive já reativamos o Cero; a vacinação com busca ativa e campanhas de orientação sobre os cuidados para evitar a proliferação dessas doenças’’, afirmou o governador de Rondônia, Marcos Rocha.

Governo reforça as ações visando garantir a saúde da população durante reunião com prefeitos
Governo reforça as ações visando garantir a saúde da população durante reunião com prefeitos

Desta forma, o Estado está atento ao monitoramento estatístico para tendências de alta e se planeja com medidas estratégicas para que a saúde dos rondonienses seja resguardada e o desenvolvimento não pare. “Afinal Rondônia vive um momento único na economia e não pode deixar nada interromper o desenvolvimento, pois ele tem se refletido em municípios mais fortes economicamente e resulta em uma vida mais digna para os rondonienses”, destaca o governador.

UNIÃO COM GESTORES MUNICIPAIS

Os prefeitos presentes na reunião aprovaram as cinco estratégias adotadas pelo Governo de Rondônia para conter a pandemia. Também concordaram que as aulas presenciais precisam ser mantidas em 2022, assim como aprovaram que as atividades econômicas sigam sem restrições impostas por novos decretos e que o período de Carnaval, não deve ser de festas, mas de atenção para que o Estado consiga controlar os casos da doença, e siga com economia aquecida.

‘‘Pela primeira vez, nós prefeitos podemos contar com um Governo municipalista. Um Governo que realmente cuida de gente, que está no meio do povo junto com os prefeitos vendo a realidade da população. O que pudemos contemplar nessa reunião foi algo magnífico, o reflexo de um Governo que está levando investimentos para os quatro cantos do Estado para ajudar a nossa população. Quanto à saúde, agradeço ao Governo, pois nossos 10 leitos estão funcionando. São muitos os investimentos que estão chegando em Ji-Paraná através do Governo de Rondônia. Inauguramos recentemente uma UPA, e graças ao nosso Governo conseguimos colocar os equipamentos novos. Além disso, somos inspirados a fazer uma gestão igual ao do Marcos Rocha, pois está fazendo os municípios fortes com recurso próprio, não é emprestado de ninguém’’, afirma o prefeito em Ji-Paraná, Isau Fonseca.

O prefeito de Rolim de Moura, Aldo Júlio também destacou que o apoio do Governo, tem feito o município mais forte. ‘‘Quero agradecer pelo que o Governo de Rondônia tem feito pelo município de Rolim de Moura, e por todos os municípios do Estado. Rolim de Moura não vai parar, nós entendemos que vamos ter que aprender a conviver com esse vírus adotando as medidas recomendadas pelo Ministério da Saúde. Temos que cuidar da saúde, mas também da economia, pois nem todo estado está passando pela pandemia como Rondônia está, assim investindo nos municípios, tem estados que estão no vermelho, sem dinheiro nem para pagar o funcionalismo público. Rondônia faz o contrário, ajuda os municípios a crescer, estamos em pleno crescimento. O investimento do Governo de Rondônia em Rolim de Moura ultrapassa R$ 30 milhões. Isso nos motiva a seguir organizando a cidade cada vez mais, seguindo o exemplo do governador’’.

‘‘É muito importante esse pacote de medidas contra a pandemia anunciado pelo Governo, assim como a agenda municipalista com investimentos em diversos eixos nos municípios, pois atende a nós, prefeitos, que estamos lá na ponta e conhecemos as necessidades da população. O fato do governador ter essa visão de cuidar dos municípios realmente atende os anseios da população. Só temos que agradecer. Agradeço em nome de todos os prefeitos do Cone Sul, pois temos cada um especificidades e necessidades, e o Governo busca atender conforme a realidade de cada município’’, destacou o prefeito de Vilhena, Eduardo Japonês.

MEDIDAS ESTRATÉGICAS

O Estado já deu início às ações de 2022 de enfrentamento à pandemia com a testagem em massa dos rondonienses. O primeiro município que recebeu o drive-thru de testes rápidos foi Porto Velho, onde foram realizados 2.445 testes, sendo que 901 receberam diagnóstico positivo.

O compromisso do Governo com a população fez com que o atendimento na Capital acontecesse até a fila de atendimentos zerar, sendo o trabalho concluído apenas no período da noite. E novas edições drive-thru de testes rápidos serão disponibilizadas para os rondonienses neste fim de semana.

DRIVE- THRU DE TESTES RÁPIDOS

A testagem em massa em Ji-Paraná acontecerá neste sábado (29), no posto Vitória 1, rua Marechal Rondon, a partir das 9h, com a oferta de 1.200 mil testes. No domingo, o Governo levará o drive- thru de testes rápidos para Vilhena. A ação ocorrerá na sede da Câmara Municipal, a partir das 8h, onde também serão disponibilizados 1.200 testes para população do município.

Paralelo aos drive-thru, o Estado por meio da Agevisa tem distribuído testes rápidos, que recebe periodicamente do Ministério da Saúde, para os municípios. Já foram distribuídos mais de 100 mil testes.

AMPLIAÇÃO DE LEITOS COVID

Além disso, o Governo de Rondônia reativou o Hospital de Campanha da zona Leste de Porto Velho e está dotando as unidades de saúde estaduais de logística para ampliar o atendimento e reforçar a assistência aos rondonienses. Atualmente, o Estado já consegue ofertar 326 leitos de UTI covid, espalhados nos municípios.

Reativação do Hospital de Campanha da zona Leste é uma das medidas adotadas
Reativação do Hospital de Campanha da zona Leste é uma das medidas adotadas

O Governador garantiu que a ampliação de novos leitos, assim como a contratação de mais profissionais de saúde ocorrerão gradativamente, conforme a necessidade apresentada em cada município.

SOS VACINAÇÃO

Em Rondônia, 1.228.320 (um milhão, duzentos e vinte e oito mil, trezentos e vinte) pessoas foram vacinadas com a 1ª dose, atingindo 84% da população vacinável. Já com a 2ª dose, foram vacinadas 1.004.856 (um milhão e quatro mil, oitocentos e cinquenta e seis) pessoas, sendo 69%; Com a dose de reforço, foram imunizadas 118.023 (cento e dezoito mil e vinte três) pessoas, o que representa 8% da população vacinável.

Desde o início da vacinação no Brasil, o Governo de Rondônia já realizou 25 edições do SOS Vacinação, sendo 25.725 doses de vacinas aplicadas.  As ações já contemplaram os municípios de Guajará-Mirim, Porto Velho, Buritis, Candeias do Jamari, Costa Marques, São Miguel do Guaporé; Rolim de Moura; Colorado d’Oeste, Cacoal, Pimenta Bueno e Ariquemes.

CAMPANHAS

Campanhas publicitárias de orientação aos cuidados para evitar a proliferação da covid-19 no Estado também é uma das apostas do Governo de Rondônia para conter a pandemia.

O governador destacou que o posicionamento do Estado não é de impor aos rondonienses que adote os orientações, mas de conscientizar sobre a importância de resguardar a saúde, e se beneficiar das estratégias que Governo e municípios estarão realizando em conjunto em prol da sociedade.

COMBATE A INFLUENZA

O Estado de Rondônia já distribuiu mais de 100 mil comprimidos do medicamento Tamiflu, considerado eficiente para tratar a influenza, aos municípios. E está em tratativa para o recebimento de mais 120 mil cápsulas para atender a população rondoniense.

O Governo garante que assim que o medicamento chegar ao Estado, a distribuição será imediata para todas as Regionais de Saúde.

DESENVOLVIMENTO

O esforço em conjunto para conter a pandemia busca lançar para fora do Estado as ameaças ao desenvolvimento, que existem quando a população adoece em massa e os gastos com a saúde disparam.

‘‘Mesmo na pandemia o Estado e os municípios de Rondônia estão se desenvolvendo, então vamos seguir tomando os cuidados necessários para evitar a contaminação, com a certeza que o Estado está junto com os prefeitos para defender a população. E vamos seguir em desenvolvimento. Não pegamos nenhum empréstimo, todas as ações do Governo são com recurso próprio, conquistamos isso aplicando o recurso público com honestidade e responsabilidade’’, explica Marcos Rocha.

O Governo de Rondônia já aplicou desde 2019 mais de R$ 1 bilhão de recurso diretamente nos municípios através dos projetos municipalistas: Tchau Poeira (asfaltamento urbano), Governo na Cidade (Revitalização de espaços de lazer, Governo no Campo (Infraestrutura nas pequenas propriedades rurais; Novos Caminhos (Pontes e tubulações), além de transferências voluntárias aos municípios, a exemplo de recurso destinado aos municípios para o enfrentamento da pandemia.

Ações municipalistas foram destacadas durante encontro
Ações municipalistas foram destacadas durante encontro

Para o secretário-chefe da Casa Civil, Júnior Gonçalves, o gráfico de investimentos diretos do Governo de Rondônia nos municípios deu uma guinada nos últimos anos. Enquanto em 2016, era de R$ 136 milhões, em 2021 chegou a R$ 529 milhões. Esse montante é referente as ações que eram de atribuições das prefeituras e o Estado decidiu ajudar. Além dessas iniciativas, o Governo ainda tem diversas de responsabilidade própria, e tem conquistados feitos inéditos em vários eixos.