Atenção: Procura pela VACINAÇÃO INFANTIL contra a covid-19 ESTÁ BAIXA em Porto Velho

A vacinação contra a covid-19 para crianças e adultos está disponível em dez unidades de saúde da família:

152

A vacinação contra a covid-19 para crianças e adultos está disponível em dez unidades de saúde da família: Socialista, José Adelino, Ernandes Índio, Aponiã, Nova Floresta, Castanheira, Areal da Floresta, Santo Antônio, Pedacinho de Chão e São Sebastião, além do ponto de vacinação no Porto Velho Shopping, com o atendimento das 14h às 19h.

Crianças a partir de 8 anos devem estar acompanhadas por um responsável legal

O processo de imunização contra a covid-19 avança em Porto Velho com a vacinação de crianças a partir de 8 anos de idade. Apesar da ampliação, as unidades de saúde têm registrado baixa procura pela vacina, algo que preocupa os profissionais da saúde.

Em virtude disso, a Secretaria Municipal de Saúde (Semusa) tem atuado estrategicamente nas unidades que contam com equipes específicas para o atendimento de vacinação contra a covid-19 em crianças e adultos, além das vacinas de rotina. É o que vem ocorrendo, por exemplo, na Unidade de Saúde da Família (USF) Pedacinho de Chão.

Segundo a gerente da unidade, Christiane Oliveira Diniz, os atendimentos estão bem distribuídos a fim de evitar aglomerações e garantir melhor acolhimento. Contudo, apesar dos esforços dos profissionais, a procura de pais pela vacinação de crianças fica aquém do esperado.

“Para se ter uma ideia, nesta terça e quarta-feira, vacinamos uma média de quatro crianças. Temos observado o aumento de casos de covid-19 na população, porém, com quadros leves. Sabemos que isso é consequência da vacinação. Por isso, reforçamos aos pais a importância de trazerem seus filhos às unidades para serem imunizados. Assim, passam a ter mais segurança entre a família e tranquilidade nesse período de volta às aulas”, pontuou Christiane.

EXEMPLO

A atitude da servidora pública Anne Stefanny Agostinho da Silva serve de estímulo e encorajamento a muitos pais que, até o momento, adiaram a imunização. Mãe de três filhos, ela enxerga a vacinação como aliada no combate à covid-19. Por esse motivo, não perdeu tempo e levou seu filho mais velho, de dez anos, para se vacinar. Na oportunidade, aproveitou para garantir sua dose de reforço.

“Considero esse momento um marco para nossa vida. Precisamos acreditar na ciência e no alcance dessas vacinas. Sabemos que perdemos muitas pessoas no início, mas com a chegada dos imunizantes percebemos que esses óbitos foram reduzindo, bem como os sintomas. Nossos filhos voltarão à escola com o nosso coração mais aliviado”, declarou.

O início da pandemia foi desafiador. O distanciamento com os demais parentes foi marcante para a família. Agora, com o avanço da vacina, a servidora pública afirma estar ansiosa para o retorno das aulas.

“Estamos esperançosos que vai dar tudo certo para nossos filhos. No grupo de mães que participo, todos estão ansiosos. Alguns pais já levaram seus filhos, outros já estão se programando para levar”, enfatizou.

ESTRATÉGIA

A vacinação contra a covid-19 para crianças e adultos está disponível em dez unidades de saúde da família: Socialista, José Adelino, Ernandes Índio, Aponiã, Nova Floresta, Castanheira, Areal da Floresta, Santo Antônio, Pedacinho de Chão e São Sebastião, além do ponto de vacinação no Porto Velho Shopping, com o atendimento das 14h às 19h.

Nas unidades, a vacinação é feita das 8h às 17h. O responsável legal da criança precisa apresentar o CPF e o cartão do SUS da criança.

TESTAGEM RÁPIDA

Os testes rápidos para a covid-19 e atendimento médico para casos positivados ocorrem em unidades básicas de saúde específicas: Hamilton Gondim, Mariana, Agenor de Carvalho, Caladinho, Renato Medeiros, Manoel Amorim de Matos, Osvaldo Piana e Maurício Bustani, com horário das 8h às 17h.

BALANÇO

Conforme dados apresentados pela Semusa, no período de 17 a 24 de janeiro, o município já alcançou a marca de mais de 1.400 doses aplicadas com a vacina Pfizer pediátrica.

Segundo a titular da Semusa, Eliana Pasini, todos os pontos de vacinação estão preparados para atender o público infantil. As crianças acima de 5 anos que possuem quadro de alguma deficiência ou que sejam imunossuprimidas podem ser vacinadas em qualquer das unidades destinadas à vacinação e também nas escolas localizadas ao lado das unidades de saúde do Aponiã, Castanheiras, Caladinho e São Sebastião.

“Os cuidados com a vacina pediátrica são os mesmos para qualquer vacina. É importante reforçar que a reação do imunizante é a mesma de qualquer outra. Os pais já estão acostumados com esse processo. É interessante o responsável fazer uma compressa ou aplicar o remédio próprio para isso”, observou a secretária.

VACINÔMETRO

Até o momento, Porto Velho já ultrapassa a marca de 755 mil doses aplicadas, entre primeira, segunda e reforço, tanto na capital quanto nos distritos. O município exibe detalhadamente o processo de imunização pelo Vacinômetro, no portal da prefeitura, disponível ao acesso do cidadão.

Texto: Jaqueline Malta
Foto: Wesley Pontes

Superintendência Municipal de Comunicação (SMC)