Djokovic compra 80% de empresa dinamarquesa para desenvolver tratamento para Covid

Jogador de tênis foi desclassificado recentemente de campeonato na Austrália por não ter tomado a vacina contra a doença

118

O jogador de tênis Novak Djokovic adquiriu 80% da empresa dinamarquesa de biotecnologia QuantBioRes, com o objetivo de desenvolver um tratamento médico contra a Covid-19, disse à Reuters o chefe executivo da empresa.

O CEO Ivan Loncarevic, que se descreveu como empresário, disse que o investimento foi feito em junho de 2020, mas se recusou a dizer quanto foi.

A QuantBioRes tem cerca de 11 pesquisadores trabalhando na Dinamarca, Austrália e Eslovênia, de acordo com Loncarevic, que enfatizou que estavam trabalhando em um tratamento, não em uma vacina.

A empresa está desenvolvendo um peptídeo, que inibe o coronavírus de infectar a célula humana, e espera lançar testes clínicos na Grã-Bretanha neste verão, acrescentou.

Um porta-voz de Djokovic não respondeu imediatamente a um pedido de comentário.

O tenista número um do mundo alimentou o debate sobre os direitos das pessoas que optam por não se vacinar depois que ele foi deportado da Austrália na noite de domingo, deixando-o fora do Aberto da Austrália.