Agência reguladora dos EUA aprova uso emergencial de pílula contra Covid-19 da Pfizer

Medicamento é indicado a adultos e crianças a partir de 12 anos que tenham testado positivo para o coronavírus. Liberação para uso ainda depende do órgão de saúde CDC.

133

A agência reguladora de medicamentos americana (FDA) aprovou o uso emergencial da pílula da Pfizer para tratamento da Covid-19 nesta quarta-feira (22).

O medicamento é indicado a adultos e crianças a partir de 12 anos que tenham testado positivo para a Covid-19 e apresentem alto risco de progressão para casos graves, incluindo hospitalização ou morte.

Mas para o tratamento poder ser, de fato, utilizado pelos norte-americanos, precisa primeiro ser aprovado pela diretoria dos Centros para Controle e Prevenção de Doenças (CDC), órgão de saúde dos Estados Unidos.

A Pfizer garante já estar pronta para começar a entrega imediata nos EUA e elevou suas projeções de produção para 120 milhões de tratamentos em 2022.

Testes clínicas da Pfizer mostraram que o antiviral foi 90% eficaz na prevenção de hospitalizações e mortes com pacientes com alto risco de doença grave. Dados recentes destacaram também que o medicamento mantém sua eficácia contra a variante Ômicron.