Manifestantes protestam no Centro do Rio contra o governo do presidente Jair Bolsonaro

Ato de protesto foi convocado por centrais sindicais e partidos políticos com pauta de reivindicações diversas.

138

Manifestantes se reuniram na manhã deste sábado (24), no Centro do Rio, em protesto contra o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido). A grande maioria deles usava máscara facial.

A concentração do ato teve início por volta das 10h na Avenida Presidente Vargas, em frente ao monumento em homenagem a Zumbi dos Palmares. De lá, eles seguiram em caminhada rumo à Praça da Candelária.

Funcionários dos Correios participam de protesto contra o governo Bolsonaro, no Centro do Rio, na manhã de 25 de julho — Foto: Jefferson Monteiro/TV Globo
Funcionários dos Correios participam de protesto contra o governo Bolsonaro, no Centro do Rio, na manhã de 25 de julho — Foto: Jefferson Monteiro/TV Globo

Por conta do protesto, o tráfego de veículos na pista central da Avenida Presidente Vargas foi interditado.

Manifestantes se concentram no Centro do Rio na manhã de 24 de julho em protesto contra o governo do presidente Bolsonaro — Foto:  Jefferson Monteiro/TV Globo
Manifestantes se concentram no Centro do Rio na manhã de 24 de julho em protesto contra o governo do presidente Bolsonaro — Foto: Jefferson Monteiro/TV Globo

O ato foi convocado por centrais sindicais e partidos políticos, que formaram um grupo batizado de Bloco Democrático. Participaram, também, movimentos sociais em defesa dos negros, da população LGBTQIA+ e do meio ambiente, entre outros.

A pauta de reivindicações era diversa. O próprio grupo denominou a manifestação como “dia de unir o país em defesa da democracia, da vida dos brasileiros e do fora Bolsonaro”.

Em faixas, cartazes e adesivos, os manifestantes reclamavam das privatizações de órgãos públicos, cobraram a defesa da Amazônia, cobravam vacina contra a Covid e, até mesmo, a saída de Bolsonaro do cargo. Uma faixa com cerca de 50 metros de comprimento exibia a frase “Fora Bolsonaro”.

A Polícia Militar não soube estimar o número de pessoas que participavam do ato. Os organizadores também não divulgaram a estimativa de público.

Movimento negro durante concentração de protesto contra Bolsonaro na manhã de 25 de julho — Foto: Jefferson Monteiro/TV Globo
Movimento negro durante concentração de protesto contra Bolsonaro na manhã de 25 de julho — Foto: Jefferson Monteiro/TV Globo