Vídeo: Em retaliação à CPI, Bolsonaro AMEAÇA ACABAR com ZONA FRANCA de MANAUS e revolta presidente da comissão

"Imagine ai o estado, ou Manaus, sem a Zona Franca de Manaus”, ameaçou Bolsonaro

249

Com a omissão do governo federal no colapso da saúde em Manaus cada vez mais latente diante dos depoimentos na CPI do Genocídio no Senado, Jair Bolsonaro (Sem Partido) resolveu retaliar o presidente da Comissão, Omar Aziz (PSD-AM), e o senador Eduardo Braga (MDB-AM), que também atua na investigação, ameaçando acabar com a Zona Franca de Manaus, um dos principais polos de empregos da capital amazonense.

“Imagine Manaus sem a Zona Franca? É… o senador Aziz, você que fala tanto ai, na CPI… Senador Eduardo Braga, imagine ai o estado, ou Manaus, sem a Zona Franca de Manaus, ameaçou Bolsonaro na live desta quinta-feira (20).

O vídeo foi publicado pelo deputado federal Zé Ricardo (PT-AM), que disse que “Bolsonaro deixou o Amazonas sem oxigênio e agora quer tirar os empregos ao ameaçar a Zona Franca de Manaus, para tentar inibir a CPI da saúde”.

Pelas redes sociais, o presidente da CPI classificou as ameaças de Bolsonaro como falta de respeito ao povo do Amazonas.

“O Presidente pode ameaçar a mim, ao Eduardo, mas ao ameaçar a Zona Franca de Manaus o negócio é mais embaixo. É preciso respeitar os amazonenses, porque ele não pode ameaçar algo que é garantido por lei, que assegura o sustento e a vida de tantos amazonenses”, disse Aziz.

“A Zona Franca tem um importante papel na economia, não apenas do Estado do Amazonas, mas do Brasil”, completou.