Jean Oliveira propõe a criação de Frente Parlamentar em Defesa da Saúde Indígena

Deputado também elogiou o governador Marcos Rocha, por nomear Pedro Pimentel na Sepog

117

O deputado estadual Jean Oliveira (MDB), usou a tribuna da Assembleia Legislativa para criticar a decisão do Governo Federal, em repassar aos municípios a responsabilidade em cuidar da saúde dos indígenas.

“Na minha região, em Alta Floresta do Oeste, está a segunda maior população indígena, atrás apenas de Guajará-Mirim. Temos muitos desafios com as comunidades indígenas, e não é pela saúde que deve se começar a mexer, mas pelas questões sociais, pela questão econômica. Precisamos estimular o desenvolvimento econômico nessas comunidades”, destacou Jean.

Para reafirmar o seu manifesto em favor dos povos indígenas, Jean Oliveira defendeu a criação da Frente Parlamentar em Defesa da Saúde Indígena, na Assembleia Legislativa. “Esta Casa pode sim contribuir com essa discussão e firmar uma posição clara, em defesa dos povos indígenas”.

Em aparte, o deputado estadual Ismael Crispin (PSB), disse que é fundamental envolver a bancada federal nessas discussões. “Somo nessa propositura – a criação da Frente Parlamentar – e destaco o trabalho da Assembleia na discussão da redução da tarifa de energia elétrica, citado inclusive pelo relator do processo na Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). No caso da saúde indígena, a nossa contribuição pode ser decisiva também”, pontuou.

 

Nomeação

Jean também comentou sobre a nomeação do chefe da Casa Civil, Pedro Pimentel, na Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão (Sepog), onde ele foi adjunto. “Ele conhece muito sobre o Orçamento e a decisão do governador Marcos Rocha (PSL) foi acertada. Na Casa Civil, ao meu ver, o Pimentel era subaproveitado”.

Segundo Jean, “a esperança uma hora acaba. Estamos encerrando já o terceiro mês de Governo e não temos visto muitas ações. Com o Pimentel na Sepog, espero que a coisa possa melhorar. Acho que a pasta estava fora dos eixos, tomara que agora se ajuste”.

Em aparte, Adelino Follador (DEM) disse que também espera que o Pimentel melhore as ações governamentais. “Estive na Sepog e não senti firmeza. Quero agora registrar minha confiança em melhorias”.

Marcelo Cruz também destacou a experiência e a expertise que Pimentel tem, “como um grande técnico, com capacidade de diálogo muito grande”.

Ao retomar a palavra, Jean enalteceu que o Pimentel na Sepog, vai dar celeridade aos projetos, com passos mais largos e efetivos. “Atitude inteligente do governador, a de colocar uma pessoa de sua confiança para cuidar do Planejamento”.

 

Vice-governador 

Jean Oliveira comentou ainda sobre a influência do vice-governador José Jodan (PSL) no Governo, que estaria fazendo indicações, a exemplo do residente do DER em Cacoal, Alex Reis. “Que demorou a encontrar seu local de trabalho, mas fica na internet atacando, gratuitamente esta Casa”.

O parlamentar aproveitou para solicitar ações do Governo para a recuperação das rodovias, com a maioria delas intrafegáveis. “É preciso uma ação firme, pois as estradas estão cheias de buracos, gerando riscos e prejuízos aos motoristas”, relatou.

Também em aparte, o deputado Cirone Deiró (Podemos) reforçou a necessidade de se atuar na recuperação das rodovias, a exemplo dos trechos na região de Cacoal.