NOTA URGENTE: 10º Batalhão da PM de Rolim de Moura informa atuação dos policiais nos presídios de Santa Luzia, Alta Floresta e Rolim de Moura

10

Com a saída dos Agentes Penitenciários do interior dos presídios em aderência as Greve Geral no Estado de Rondônia, a Polícia Militar vai assumir os presídios, não sendo diferente na região da zona da mata.

Na manhã de hoje, quarta-feira, o 10º Batalhão da PM de Rolim de Moura emitiu um comunicado oficial sobre os trabalhos da PM nos presídios, acompanhe:

Informação: A Polícia Militar em Rolim de Moura assume, a partir de hoje os presídios da zona da mata. Os policiais militares, além de seus serviços ordinários desenvolverão a segurança nos presídios, sendo que a população não ficará desguarnecida.

O 10° Batalhão de polícia militar, sob o comando do capitão Thiago Campos, estará atuando nos municípios onde existam presídios: Alta Floresta, Santa Luzia e Rolim de Moura, sendo neste último em três presídios. Segundo o CMT” a Polícia Militar irá cumprir o seu dever constitucional continuando a produzir a sensação de segurança e tranquilidade pública e que os serviços ordinários não serão reduzidos, ao contrário os policiais do 10° batalhão estarão engajados no cumprimento desta missão”. A ocupação se deve a paralisação dos agentes penitenciários do Estado de Rondônia, iniciada no último dia 12.

Até o momento apenas os Agentes Penitenciários dos presídios de Rolim de Moura aderiram a greve geral. Santa Luzia e Alta Floresta não aderiram a greve.

Sobre a greve:

Os servidores reivindicam o cumprimento, pelo governador Marcos Rocha (PSL), de um acordo feito na justiça que envolve benefícios à categoria. O governador se recusa a negociar e decretou intervenção no sistema penitenciário de Rondônia, colocando agentes, socio educadores e presídios sob o comando da Polícia Militar, gerando uma série de atrito entre as duas categorias e desgaste político para o Governo.