Cinco trabalhadores são resgatados de condição análoga à escravidão em reserva extrativista de RO

7

Cinco trabalhadores foram resgatados de situação análoga à escravidão em duas propriedades de criação de gado, localizadas na Reserva Extrativista (Resex) estadual de Jaci Paraná (RO), ao lado da Terra Indígena Karipuna (TIKA).

Durante a fiscalização realizada pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), foram resgatados um vaqueiro e outros quatro trabalhadores, incluindo um adolescente de 16 anos. Todos foram contratados para roçar a pastagem e viviam em condições degradantes, em locais precários, sem acesso a água potável e instalações sanitárias.

Os empregadores foram autuados pelas irregularidades encontradas e notificados a pagar os salários e rescisões. Além disso, o MTE identificou um mandado de prisão em aberto contra um dos trabalhadores resgatados, que foi detido pela Polícia Rodoviária Federal (PRF).

Terra Indígena Karipuna (TIka) está passando por um processo de desintrusão e, de acordo com o MTE, as propriedades que foram fiscalizadas, mesmo que estejam fora da terra indígena, estão diretamente ligadas de forma social e econômica ao processo de retirada dos invasores.

Além do MTE, o resgate contou com a participação conjunta do Ministério Público do Trabalho (MPT), da Defensoria Pública da União (DPU), da Polícia Federal (PF) e da Polícia Rodoviária Federal (PRF).